Publicações

11/10/2017

Desafios da gestão de custos no agronegócio

por Gilberto Miniquiel - diretor de marketing da GAtec

Desafios da gestão de custos no agronegócio

Quando se fala em gestão de custos, os primeiros pensamentos que surgem são a análise de custos e cortes, na maioria das vezes, de forma linear. No agronegócio não é diferente. Parte das empresas tem reduzido os custos por meio de cortes a partir de análises simplificadas, com dados não relevantes ou até mesmo sem informações, gerando resultados pouco expressivos. Em alguns casos criando problemas mais sérios, até obtendo prejuízos. Por exemplo, podemos citar reduções de gastos em aplicações de fertilizantes e herbicidas realizadas por produtores de cana-de-açúcar que resultaram em verdadeiras quebras de produção.

Com o negócio de commodities cada vez mais competitivo, em que os preços são definidos pelo mercado, temos um cenário com ações ainda mais urgentes. No agronegócio, a gestão de custos eficiente é a melhor forma de se aumentar a rentabilidade, porém, apresenta desafios únicos devido às dificuldades operacionais, estruturais e de obtenção das informações, o que torna o processo mais complexo.

Identificar as operações, processos e os recursos para melhor redução de gastos é um dos objetivos da gestão. Atuar especificamente nesses pontos, em geral, apresenta resultados mais rápidos. No entanto, independentemente do tamanho da empresa, é necessária a definição das estruturas de custos e registros das informações dos processos produtivos com qualidade.

As disponibilidades tecnológicas têm simplificado muito os trabalhos dos gestores de análise da grande quantidade de informações. Os softwares permitem o desenho dos processos e estruturas do negócio de forma dinâmica, além de oferecer ferramentas para análise por locais, recursos, processos e atividades, como é o caso das soluções GAtec para este propósito. Aliando estes recursos com consultoria especializada, é possível gerar informações relevantes e compreender onde atuar para a verdadeira redução de custos.

O método de análise de custeio por atividade - ABC proposto por Cooper e Kaplan (1988), vem sendo amplamente utilizado no agronegócio. Assim é possível determinar os gastos com processos e atividades, custos dos produtos, descobrir os itens com menor eficiência e obter agilidade para tomada de decisões.

As dificuldades de gestão de custos são inerentes ao processo de produção do agronegócio pelas particularidades do setor, porém é o que apresenta melhores resultados quando utiliza as ferramentas corretas. Já foram observadas reduções expressivas em empresas que utilizam o sistema de gestão de custos, chegando a 20% em alguns casos, na operação de transporte, 5% no consumo de insumos, entre outros, graças às ações executadas a partir das consultorias e informações fornecidas por sistemas de custo.





Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.