Notícias

21/12/2018 - Clima

Verão sob a influência moderada do El Niño


O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), vinculado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, prevê para este verão, que inicia hoje, atuação de fraca a moderada do fenômeno El Nino. As chuvas serão frequentes em praticamente todo o país, com exceção do extremo sul do Rio Grande do Sul, nordeste de Roraima e leste do Nordeste, onde as chuvas são inferiores a 400 mm.

O Inmet divulgou ontem (20/12) o Prognóstico Climático de Verão. De acordo com o boletim, é possível que ocorra chuva forte, queda de granizo, vento com intensidade variando de moderada à forte e descargas elétricas, principalmente nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste do país. 

O verão no Hemisfério Sul terá início às 20h22 de hoje. A estação é caracterizada por elevação da temperatura em todo país, em função da posição relativa do sol mais ao sul, tornando os dias mais longos que as noites e com mudanças rápidas nas condições de tempo.

O verão prossegue até o dia 20 de março do ano que vem, até as 18h57(horário de Brasília).

Os maiores volumes de precipitação podem ser observados sobre o sudeste do Amazonas e norte do Mato Grosso, podendo alcançar chuvas superiores a 900 mm, entre os meses de dezembro a fevereiro.

Região Centro-Oeste
A previsão para o verão indica alta probabilidade das chuvas ocorrerem de normal a ligeiramente acima da normal em grande parte da região centro-Oeste, exceto no sul do Mato Grosso do Sul, onde a chuvas serão mais próximas à média ou ligeiramente abaixo. As temperaturas serão acima da média, especialmente no Mato Grosso do Sul, norte do Mato Grosso e sul de Goiás.

Região Sudeste
A previsão para os próximos três meses para a região Sudeste é de chuvas variando de normal a ligeiramente acima da normal em grande parte de Minas Gerais, no centro-norte do Espírito Santo e no centro de São Paulo. No Rio de Janeiro as chuvas deverão ficar ligeiramente abaixo da normal. Porém, vale destacar que, a ocorrência de tempestades (chuvas e ventos fortes que podem ser acompanhadas de granizo) são normais durante o verão na região Sudeste e não estão descartadas. De modo geral, o modelo climático do INMET indica que as temperaturas devem variar de normal a acima da normal durante o verão na região Sudeste.

Região Sul
Com a  configuração do fenômeno El Niño durante o verão, o modelo estatístico do Inmet prevê chuvas ligeiramente acima da normal no sul, centro e oeste do Rio Grande do Sul, leste de Santa Catarina e no norte do Paraná. Nas demais áreas as chuvas devem variar dentro da faixa normal ou ligeiramente abaixo. As temperaturas devem ficar um pouco acima da média em praticamente toda a região, exceção apenas no sul do Rio Grande do Sul, onde as temperaturas podem ficar dentro da normalidade.

Região Nordeste
A previsão para o verão nos estados nordestinos indica predomínio de áreas com maior probabilidade de chuvas acima da média na Bahia, litoral de Alagoas até o Rio Grande do Norte e no sul do Piauí e do Maranhão. Nas demais áreas, as chuvas ficarão próximas a média ou ligeiramente abaixo durante a estação. As temperaturas estarão mais elevadas no Maranhão, centro e sul do Piauí, sul do Ceará e no oeste de Pernambuco.

Região Norte
Os estados da região Norte devem apresentar forte variabilidade espacial na distribuição de chuvas. As chuvas devem ficar acima da média em Tocantins, grande parte do Amapá e de Roraima, além do oeste e sul do Pará e sul do Acre e Rondônia. No Amazonas, as chuvas devem ficar ligeiramente abaixo da normal climatológica, com exceção apenas no leste do estado. Com a atuação do  fenômeno El Niño mais concentrada na parte norte, tendência de redução das chuvas e elevação das temperaturas em relação à média.

Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.