Notícias

23/06/2020 - Trigo

Trigo deve continuar com preços firmes até o fim da entressafra


Os preços do trigo e seus derivados devem continuar em patamares elevados até o fim da entressafra (agosto/setembro), projeta a consultoria Cogo – Inteligência em Agronegócio. Segundo análise, colaboram para este cenário o dólar acima de R$ 5 e o aumento das cotações internacionais, elevando os custos de importação no Brasil.

No acumulado de 2020, entre janeiro e junho, os preços do trigo em grãos FOB produtor do Paraná registram forte alta de 62,2% no mercado interno, enquanto a valorização das cotações globais foi de 20,4% no mesmo intervalo.

“O trigo, segundo cereal mais consumido globalmente, faz parte da cesta básica de diversos países, especialmente na União Europeia e Oriente Médio, o que impulsionou os preços com a pandemia”, pontua.

Para entrega futura, os produtores indicam R$ 1.100 por tonelada, para entrega em setembro e outubro e R$ 900 tonelada para entrega em novembro, mas os moinhos hesitam em efetuar novos negócios, pois têm expectativa de comprar cereal a R$ 800 por tonelada no ápice da safra, como ocorreu em outros anos. “Entretanto, é pouco provável que esse cenário se repita diante do atual patamar de preços”, diz.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.