Notícias

04/09/2020 - Outros

Temos um "copo muito mais cheio" do que vazio em relação à preservação, diz André Pessôa


O sócio-diretor da Agroconsult, André Pessôa, disse há pouco que o Brasil tem "um copo muito mais cheio" em relação à preservação ambiental do que vazio. "Preservamos nossos biomas de forma mais intensa do que outros países e muito mais rigorosa do ponto de vista da legislação", disse ele em webinar promovido neste início de noite pelo Insper Agro Global, com o tema "A agricultura brasileira e a disponibilidade de terras".

Ele reconheceu que o setor agropecuário brasileiro tem "problemas de compliance em relação à legislação, como o desmatamento ilegal". Entretanto, afirmou que o setor "tem mais coisas feitas corretamente do que problemas decorrentes do mau uso do território ou para produção agrícola ou outras atividades econômicas".

Pessôa citou números de preservação no Brasil em relação à agricultura e pecuária. "De 850 milhões de hectares do território brasileiro, 14% são reservas indígenas; 3% em infraestrutura (cidades, etc.), 9% são de agricultura e silvicultura; 8% de pastagens naturais; 13% de pasto nativo e 53% de área de preservação", enumerou. "Ou seja, temos 53%, ou 446 milhões de hectares, preservados", fez questão de destacar.

Ele disse ainda que, dentro dos 446 milhões de hectares, 20%, ou 89 milhões de hectares, estão em unidades de conservação integral (dentro ou fora das propriedades rurais), 140 milhões de hectares têm vegetação nativa em terras devolutas e não cadastradas no Cadastro Ambiental Rural (CAR) e 140 milhões de hectares em áreas protegidas.

Esses números citados pelo consultor estão em um capítulo escrito por Pessôa no livro "China-Brasil Partnership for Agriculture and Food Security", organizado pela Esalq-USP e pela Universidade Agrícola da China (CAU).

Por Tânia Rabello
Fonte: Broadcast Agro




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.