Notícias

31/05/2019 - Tecnologia

Tecnologia é a chave para preservar biodiversidade


A utilização da tecnologia na agricultura é o fator chave para a preservação da biodiversidade, segundo afirmou a diretora-executiva do Conselho de Informações sobre Biotecnologia (CIB), Adriana Brondani. De acordo com ela, é possível, sim, aumentar a área cultivada ao mesmo tempo em que se preserva o meio ambiente. 

“As tecnologias existentes hoje e outras que virão podem permitir que a agricultura produza mais em menos espaço, diminuindo a necessidade de conversão de novas áreas em terras agricultáveis. Entre as tecnologias que podem trazer esse ganho é preciso destacar a biotecnologia agrícola”, comenta a executiva. 

Ela explicou ainda que a inovação tecnológica nos meios de produção agropecuários já consegue trazer muitos resultados positivos, mas tem potencial para fazer muito mais pela biodiversidade. Nesse cenário, menos perdas de produtividade, associadas a avanços nos desempenhos das plantas foram detectadas. 

“Com as sementes transgênicas disponíveis hoje, que possuem características de facilitam o manejo dos agricultores, foi possível reduzir perdas e, consequentemente, aumentar a produtividade. Entretanto, o avanço das pesquisas sobre os genes diretamente responsáveis pelo desempenho das plantas permitirá que futuras variedades tenham uma contribuição ainda maior. É isso que nos ajudará a alimentar uma população em crescimento e, ao mesmo tempo, preservar a biodiversidade”, completa ela. 

Especificamente em relação aos transgênicos, a executiva garante que eles são fundamentais. “Em outras palavras, caso fosse necessário manter o nível de produção alcançado pelas áreas de cultivos transgênicos, deveriam ter sido plantados 9,9 milhões de hectares a mais no País entre 1998 e 2017”, conclui. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.