Notícias

15/10/2018 - Soja

Soja: Veja o que pode mexer com os preços nesta semana


O Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) divulgou o relatório de oferta e demanda referente a outubro, nesta quinta, dia 11. Na contramão do que era esperado pelo mercado, o órgão reduziu as estimativas de produção norte-americana e brasileira de soja.

Abaixo, o analista da Safras & Mercado Luiz Fernando Roque elenca pontos de atenção, que podem influenciar os preços na próxima semana. Confira:
  • O mercado se mantém atento à entrada da nova safra norte-americana de soja enquanto aguarda por novidades sobre a guerra comercial entre EUA e China. Além disso, o relatório do USDA deve continuar repercutindo na Bolsa de Chicago, com os players digerindo os novos números;
  • A nova elevação de tom, por parte do governo norte-americano, com relação à guerra comercial entre chineses e norte-americanos, mantém o mercado pessimista, o que impede a recuperação de patamares mais elevados em Chicago;
  • No lado da oferta, a entrada da nova safra norte-americana continua pesando. Embora o ritmo da colheita tenha diminuído nos últimos dias, a evolução dos trabalhos é considerada satisfatória, garantindo uma produção cheia;
  • O relatório do USDA de outubro trouxe certa surpresa ao mercado ao indicar um corte no tamanho da nova safra norte-americana. A maior parte dos analistas esperava por uma nova elevação da safra. Apesar do pequeno corte, o órgão confirmou a elevação no estoques norte-americanos e mundiais na nova temporada, o que garantiu certa neutralidade à publicação;
  • O mercado não demonstra força para retomar o patamar de US$ 8,65 na posição spot (novembro de 2018), e esse continua sendo seu principal desafio. Para baixo, suportes em US$ 8,40 e US$ 8,20.

Fonte: Projeto Soja Brasil/Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.