Notícias

23/04/2020 - Soja

Soja tem altas de dois dígitos em Chicago nesta 5ª feira com demanda melhor nos EUA


O mercado da soja inicia os trabalhos hoje (23/4) com altas de dois dígitos na Bolsa de Chicago diante das boas perspectivas sobre a demanda da China nos EUA. Segundo informações da agência de notícias Reuters, a nação asiática comprou ao menos três cargos de soja norte-americana e as expectativas, segundo analistas de mercado, é de que as aquisições continuem. 

Por volta de 6h45 (horário de Brasília), as cotações subiam entre 8,75 e 11,25 pontos nas posições mais negociadas, levando o maio a US$ 11,46 e o agosto a US$ 8,54 por bushel. Os preços começam uma recuperação diante dessa demanda melhor após atingirem suas mínimas em 11 meses. 

"As conversas no mercado de mais exportações dos EUA estão ajudando", diz o diretor de estratégia agrícola do Commonwealth Bank da Austrália, Tobin Gorey, à Reuters Internacional. Esta semana, os chineses assinaram um acordo para compra de soja dos EUA e a notícia foi muito bem recebida pelo mercado, que há muito esperava por isso para se posicionar. 

Mais do que isso, ainda de acordo com analistas, a China aproveitou os baixos preços da oleaginosa norte-americana para fazer compras em um momento em que está refazendo seus estoques e onde há preocupações com o comprometimento de algumas cadeias de suprimento ainda em função da pandemia do coronavírus. 

Na outra ponta, porém, o mercado espera ver a continuidade dessas compras - que deve acontecer também dada a baixa disponibilidade do produto brasileiro -, mas também segue observando os desdobramentos da pandemia. 

"Atualizações sobre o Covid-19 e a recessão global, sem dúvida nenhuma, também continua a afetar o humor dos investidores", explica o consultor da Cerealpar, Steve Cachia.

As commodities todas sobem nesta quinta-feira acompanhando também o rally do petróleo. Pelo segundo dia consecutivo, os futuros da commodity sobem mais de 10%, também na tentativa de uma recuperação após preços negativos no vencido contrato maio e dos menores níveis do século para o junho. Esse último hoje sobe 14,95% em Nova York, com o brent sendo cotado a US$ 15,83 por barril do WTI. 

Assim, os futuros do milho e do trigo também subiam, 0,75% e 1% na Bolsa de Chicago, respectivamente, enquanto na Bolsa de Nova York operavam em campo positivo o açúcar, café, algodão e o suco de laranja. Nesta manhã de quinta-feira sobem também os futuros do ouro. 

Por: Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.