Notícias

10/04/2020 - Soja

Soja sobe após relatório do USDA


O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago (CBOT) registrou ontem (9/4) alta de 9,00 pontos no contrato de Maio/20, fechando em US$ 8,635 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT fecharam a sessão com valorizações entre 8,00 e 9,25 pontos.

Os principais contratos futuros subiram no mercado norte-americano da oleaginosa, com o mercado recebendo de forma positiva os números do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos). A redução da safra e dos estoques finais globais, mas principalmente a revisão para baixo das safras de Brasil e Argentina, puxaram as cotações para cima.

MILHO 
De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, o relatório de Oferta e Demanda Mundial do USDA trouxe poucas surpresas: “Dentre elas, um cenário pessimista para o setor de cereais com o aumento dos estoques globais do milho de 297 milhões de toneladas para 303 MTs. Sem qualquer dúvida, o consumo estadunidense do grão será cortado nestes próximos meses. A ARC já estima que 1/3 das plantas esmagadoras de milho para etanol já estão fechadas temporariamente diante de margens negativas e do recesso para a quarentena – os estadunidenses irão consumir 42% menos gasolina/etanol em Abril”. 

“Somado a queda mundial do petróleo disparada no conflito entre OPEP e Rússia, a depreciação no setor de combustíveis se mostra robusta. Os preços de etanol para exportação no Brasil já se tornam mais competitivos quando comparado ao produto disponível nos EUA. Em outras palavras, não só a demanda doméstica estadunidense deverá reduzir, mas também as exportações deverão se manter medíocres, inflando ainda mais os estoques do milho”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.