Notícias

16/03/2020 - Clima

Soja: semana começa com chuvas no Sul, Centro-Oeste e Nordeste


A semana deve começar com chuvas espalhadas por todo o país. Os maiores volumes devem acontecer na região Nordeste. Enquanto isso, tanto o Sudeste, Sul e Centro-Oeste devem registrar algumas garoas.

SUL
Uma frente fria deve influenciar o dia na região Sul do país nesta segunda-feira, 16. No Rio Grande do Sul os maiores acumulados acontecem ali próximo a Frederico Westphalen, com 2 mm. Em Santa Catarina os maiores volumes acontecem em Lages com quase 10 mm. No Paraná as precipitações serão mais manchadas. Em Jaguariaíva os acumulados serão de 7 mm.

SUDESTE
Na região as chuvas que antes estavam estacionadas sobre Minas Gerais, agora devem permanecer sobre São Paulo. Os volumes ainda não devem ser grandes, pelo menos não sobre as áreas de soja. Em Itapeva a tendência é acumular no máximo 5 mm. Em Minas ainda chove, mas somente sobre a parte sul do estado. Em Barbacena pode acumular 6 mm.

CENTRO-OESTE
Segunda-feira de tempo instável e com possibilidade de chuva em todo o Centro-Oeste devido a atuação de instabilidades no interior continente. De modo geral, serão pancadas rápidas, intercaladas com períodos de sol e muito calor, o que aliás, serve de combustível para os temporais. A chuva deve vir acompanhada por trovoadas em áreas dos três estados, além do Distrito Federal, nada que deva trazer grande preocupação.

NORDESTE
As chuvas seguem atuando sobre boa parte do Nordeste. Entretanto a Bahia deve ter um dia mais seco, pelo menos em boa parte das regiões produtoras. Se alguma chuva for registrada, será no extremo oeste do estado, já na divisa com Tocantins e Goiás.

No Piauí, no entanto, as chuvas seguem regando as lavouras de soja. Por lá os maiores acumulados acontecem em Luzilândia, com mais de 30 mm acumulados.

No Maranhão a tendência é a mesma do vizinho, muitas precipitações, tanto que em Bacabal a tendência é registrar mais de 40 mm acumulados.

NORTE
Início de semana com chuva no Norte do Brasil devido a atuação de instabilidades tropicais. A chuva será rápida, intercalada com períodos de sol e calor. Atenção aos altos volumes de chuva que podem ser registrados entre Acre, norte de Rondônia e Amazonas, além de persistirem entre Pará e norte do Tocantins. Não se descarta o risco de transtornos especialmente em Rio Branco (AC) e em Belém (PA).

Por Daniel Popov
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.