Notícias

19/08/2019 - Soja

Soja reage, mas semana é negativa nos EUA


O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (16.08) alta de 9,25 pontos no contrato de Setembro/19, fechando em US$ 8,6725 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 9,00 e 9,50 pontos.

Os principais contratos futuros fecharam a semana com ganhos no mercado norte-americano da soja, mas a semana foi negativa. “O mercado permaneceu atento às notícias veiculadas ao desencontro comercial entre EUA e China. Depois de novas ameaças cruzadas recentes, o acordo volta a ficar mais distante”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a Consultoria ARC Mercosul, após uma semana cheia de emoções negativas para o mercado de soja e milho mundial, as cotações em Chicago encerraram o dia com uma tentativa de recuperação das perdas agressivas no pós-relatório do USDA: “Operadores de pregão aqui na CBOT nos alertam sobre a expectativa do preenchimento da lacuna baixista deixada nas cotações do milho, após o fechamento de segunda-feira com um limite de baixa. O patamar de US$3,84 - US$3,92 será o alvo dos preços de milho-dezembro-Chicago, cobrindo grande parte dos prejuízos no pós-relatório do Departamento de Agricultura dos EUA”.

“Além do mais, há regiões no oeste do Cinturão Agrícola que estão sofrendo com estiagens prolongadas, uma vez que chuvas previstas não são confirmadas (baixa assertividade dos mapas climáticos para tal região). No Brasil, a colheita do milho de segunda safra caminha para a reta final com 87% da área nacional colhida, contra 84,6% no ano passado e 81,5% de média”, concluem os analistas da ARC.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.