Notícias

26/06/2020 - Soja

Soja: estudo mostra que expansão em áreas desmatadas do cerrado perde força


A expansão da soja no Cerrado por meio do desmatamento diminuiu de 215 mil hectares anuais de 2001 a 2006 para 73 mil hectares ao ano de 2014 a 2018, apontou estudo encomendado pela Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove) e elaborado pela Agrosatélite, por meio da análise de imagens de satélites adquiridas desde o início dos anos 2000.

No período mais recente do estudo, de 2013/14 a 2018/19, a contribuição total da expansão da soja com desmatamento no Cerrado (360 mil hectares) ficou bem abaixo dos dois períodos anteriores analisados - 1,34 milhão de hectares de 2006/07 até 2013/14 e 1,29 milhão de hectares de 2000/01 a 2006/07. "Do segundo para o terceiro período houve uma queda bastante intensa da área de soja expandindo com desmatamento", disse o diretor-executivo da Agrosatélite, Bernardo Rudorff, em coletiva online. Já a expansão de área de soja no Cerrado sem desmatamento (por conversão de áreas usadas para outros fins) foi de 4,72 milhões de hectares de 2013/14 a 2018/19, de 5,96 milhões de hectares de 2006/07 a 2013/14 e 3,57 milhões de hectares de 2000/01 a 2006/07.

Segundo o presidente da Abiove, André Nassar, a redução do ritmo de expansão da soja em áreas desmatadas para esse fim está ligada à relação risco-retorno da abertura de terras. "Converter vegetação nativa para produção agrícola tem um risco muito grande. Você precisa de um tempo para fazer a recuperação de solo. É um investimento muito intensivo em capital, ainda mais para alguém que compra a terra e ainda tem que fazer todo o investimento na conversão", disse Nassar, na mesma coletiva. "O produtor opta cada vez mais por promover a expansão de soja em área já aberta porque ele enfrenta menor risco para um nível de retorno parecido."

O Cerrado é o segundo maior bioma do Brasil e ocupa 204 milhões de hectares, sendo que 52,5% está coberto por vegetação nativa, segundo o estudo. Ainda conforme o levantamento, a área de soja no Cerrado cresceu 2,4 vezes nas últimas 18 safras, passando de 7,5 milhões em 2000/01 para 18,2 milhões de hectares (ou 8,9% do bioma) em 2018/19. Um terço dessa expansão se concentrou no Matopiba (formado por Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia), onde a área de soja aumentou de 900 mil para 4,1 milhões de hectares no mesmo período.

Por Leticia Pakulski
Fonte: Broadcast Agro




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.