Notícias

18/12/2018 - Soja

Soja: Dicas para acompanhar os preços nesta semana


Acordo entre China e Estados Unidos, retorno das compras de soja são algumas das razões que podem mexer com os preços da soja na semana. Acompanhe abaixo outros fatos que deverão merecer a atenção do mercado. As dicas são do analista da Safras & Mercado, Luiz Fernando Gutierrez.
  • O mercado de soja em Chicago mantém as atenções voltadas para novidades relacionadas à guerra comercial entre Estados Unidos e China. Sinais de demanda pela soja dos EUA tornam-se agora fundamentais para os players em um cenário de trégua comercial. Paralelamente, o mercado acompanha o clima para o desenvolvimento da nova safra sul americana;
  • Após a trégua na guerra comercial, anunciada pelos governos dos EUA da China no início do mês de dezembro, a expectativa do mercado era de que a China retornaria às compras de soja nos portos norte-americanos. Nesta semana tal fato ocorreu. Foram anunciadas, oficialmente, duas vendas de soja dos EUA para a China, totalizando 1,43 milhão de toneladas. São as primeiras vendas volumosas por parte dos EUA para a China desde julho, quando começou a valer a tarifa de 25% sobre a soja norte-americana;
  • Apesar destas vendas, o mercado não ganhou força em Chicago. Os players esperam por anúncios de volumes ainda maiores para voltar à ponta compradora, visto que os EUA estão com os maiores estoques de passagem de soja em muitas temporadas devido à mais uma colheita recorde. A tendência é que à medida em que novas vendas sejam anunciadas, os contratos futuros devem voltar a se valorizar. Novos anúncios são esperados para os próximos dias. Este fator é fundamental para Chicago
  • No lado da oferta, o fator safra sul americana ganha cada vez mais relevância. A recente falta de chuvas em algumas regiões do Paraná e Mato Grosso do Sul traz algumas preocupações para a safra brasileira, enquanto a falta de umidade no Paraguai já coloca em xeque o potencial produtivo daquele país. O retorno das chuvas é previsto para os próximos dias, o que deve reduzir parte dos problemas. De qualquer maneira, o mercado climático sul americano se torna fator importante para Chicago a partir de agora.

Fonte: Soja Brasil/Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.