Notícias

30/10/2019 - Soja

Soja cai nos EUA com avanço da colheita


O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou ontem (29/10) baixa de 2,50 pontos no contrato de Novembro/19, fechando em US$ 9,1825 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 1,00 e 2,50 pontos.

Os principais contratos futuros tiveram mais uma sessão de perdas no mercado norte-americano da soja, em um contexto de avanço da colheita nos Estados Unidos. “De acordo com o relatório de safra do USDA, a área colhida atingiu 62%. Ao mesmo tempo, as atenções se concentram nas previsões climáticas, nos EUA. Em geral, parecem favoráveis ao andamento dos trabalhos, exceto na região oeste da área produtiva”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a ARC Mercosul, a apatia segue assombrando os bastidores do mercado na CBOT: “Apesar da inclinação no sentido de uma reconciliação comercial entre os Estados Unidos e a China, nenhum ‘passo concreto’ foi dado após as promessas de ambos os lados. Diariamente há relatos de conversas governamentais em prol da confecção de um memorando reconciliatório para ser assinado em meados de novembro”. 

“Entretanto, a falta de confirmações concretas deixa a especulação com o pé atrás diante da longevidade da novela política entre Trump e Jinping. No relatório semanal de progresso de safra estadunidense, a soja atingiu um pico de colheita com o avanço semanal de 18% para um total de 62% atualmente. Este é o ponto de maior proximidade entre o progresso da safra de soja dos EUA em 2019 com a média dos últimos 5 anos. Produtores do Cinturão Agrícola usufruem do bom tempo para acelerar os trabalhos de campo antes da temporada de nevascas”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.