Notícias

01/09/2020 - Soja

Soja brasileira em alta com piora da safra nos EUA


A CBOT (Bolsa de Cereais de Chicago) teve um início de semana de intensas movimentações, subindo forte na abertura, aponta a ARC Mercosul. A tendência não se confirmou, perdendo força ao longo do dia após “movimento intenso de vendas nos Estados Unidos, com investidores realizando lucro após as recentes e fortes altas nos preços internacionais”. 

“O suporte positivo ainda está mantido, já que conforme temos afirmado, a safra americana voltou a registrar queda na qualidade das lavouras. As previsões climáticas apontam poucas chuvas para a região oeste do Cinturão Agrícola, onde se localizam importante estados produtores, o que pode ampliar as perdas de produtividade, especialmente na soja”, comentam os analistas.

No Brasil, diz a ARC Mercosul, o dia foi de altas novamente influenciadas pela boa elevação do Dólar frente ao Real: “A moeda americana subiu quase 2% e voltou a operar próxima dos R$5,50. O Real acompanhou a forte desvalorização observada hoje no Ibovespa, movimento comum nos encerramentos de mês. De forma geral, os preços seguem com suporte positivo no Brasil no curto prazo”.

CLIMA
Ainda de acordo com os analistas da ARC, as chuvas do final de semana foram insuficientes no coração do Cinturão Agrícola: “E para os próximos 10 dias, as previsões mostram um cenário semelhante. Hoje o USDA confirmou queda de 2% no índice lavouras Boas ou Excelentes de milho, que passou de 64 para 62%. No caso da soja, o índice caiu 3%, passando de 69 para 66% de lavouras Boas ou Excelentes. Tal condição veio dentro das expectativas do mercado”.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.