Notícias

23/04/2018 - Outros

Silo de concreto é recomendado para a armazenagem de grãos no longo prazo


Mais utilizado por moinhos e fábricas de ração, o modelo de concreto também está crescendo na armazenagem de arroz e milho.

O investimento em armazenagem de grãos na fazenda oferece diversos benefícios para o produtor rural. Além de gerar economia com transporte, o agricultor tem o produto à disposição na propriedade rural e pode aguardar para vender grãos durante a entressafra, em momentos que os preços estejam mais lucrativos. Há várias opções de silos no mercado, um deles é o silo de concreto. Conheça o custo-benefício desse modelo de armazenagem de grãos para decidir o melhor investimento para a sua fazenda.

Armazenagem em concreto
O silo de concreto, geralmente é mais utilizado por moinhos e fábricas de ração. Segundo Cairu Lampert, engenheiro agrônomo e diretor-técnico da Eplak, empresa construtora de silos, o modelo de concreto também está crescendo na armazenagem de culturas como arroz e milho.

“Uma das grandes vantagens é o conforto térmico, porque o silo de concreto retém o calor e tem uma conservação melhor, diz o engenheiro agrônomo Cairu Lampert. “Quanto melhor o grão, melhor a farinha e a ração [no caso do trigo e do milho].”

Por que investir em silo de concreto?
Capacidade: a partir de 1.800 toneladas.
Tempo de construção: cerca de 20 dias.
Custo: a partir de R$ 360 mil, segundo a Ceraçá.
Vida útil: 50 anos ou mais.
Tempo de armazenagem: até quatro safras.

Dica: o silo de concreto é usado por indústrias ou produtores que querem armazenar por um longo período. Nessa estrutura, os grãos podem ficar armazenados por até quatro safras sem perder a qualidade. Isso acontece porque esse tipo de silo é hermético, ou seja, as paredes de concreto retêm o calor.

Fonte: SF Agro




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.