Notícias

14/08/2020 - Tecnologia

Sensores tornam a agricultura mais sustentável


A instalação de sensores sem fio entre as plantações e a colocação de marcas auriculares "inteligentes" no gado podem ajudar os agricultores a produzir mais alimentos com menos impacto no meio ambiente. "Precisamos resolver a pegada ambiental do sistema agrícola fazendo mais com os mesmos ou até menos recursos", disse François Lienard, gerente de comunicações do projeto Internet of Food and Farm 2020 (IoF2020). O projeto vem coordenando uma série de experimentos nos quais sensores, máquinas agrícolas e equipamentos automatizados se unem para formar uma "Internet das Coisas" agrícola. 

Em um exemplo, 2.200 vacas leiteiras em seis fazendas na Dinamarca, Alemanha, Letônia e Lituânia foram marcadas com uma antena de identificação de radiofrequência sem fio para identificar cada animal quando eles visitam um alimentador robótico inteligente. O comedouro pode detectar quando a vaca coloca a cabeça no comedouro e registra o tempo de visita de cada vaca, junto com a dose exata de suplementos minerais dados a elas. 

Os resultados preliminares, que ainda não foram publicados, mostram que a produção de leite em rebanhos com brincos e comedouros inteligentes aumentou 1%, mas também melhorou a qualidade do leite em 20%. Ao mesmo tempo, o número de animais doentes diminuiu 6% em comparação com um rebanho sem as etiquetas e o número de vacas abatidas por problemas de saúde foi 24% menor, ele divulgou. 

"Sabemos que o nível de atividade de uma vaca leiteira aumenta substancialmente durante o cio, enquanto a diminuição da atividade é causada por doenças", disse Henning Lyngsø Foged, diretor executivo do Organe Institute, uma consultoria de pesquisa agrícola 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.