Notícias

23/07/2019 - Outros

Seis defensivos registrados terão restrição de uso


O Ministério da Agricultura informou que seis novos defensivos agrícolas formulados que tiveram os registros publicados no Diário Oficial da União (DOU) ontem, 22 de julho, terão restrições de uso estabelecidos pelo Ibama.

Assim, o ingrediente ativo sulfoxaflor – que controla pragas como pulgão, mosca-branca e pslídeo – só poderá ser usado nas lavouras brasileiras se obedecerem a várias restrições. Uma delas é seguir orientações do Ibama para a mitigação de riscos para insetos polinizadores – por exemplo, durante a florada das culturas.

Conforme a nota do Ministério da Agricultura, o coordenador-geral de Agrotóxicos e Afins da Secretaria de Defesa Agropecuária, Carlos Venâncio, comenta que o sulfoxaflor está entre os inseticidas 20% menos tóxicos aprovados, sob o ponto de vista da saúde humana. Entretanto, ele diz que “há um possível impacto sobre insetos polinizadores, por isso a importância da avaliação do Ibama”.

Assim, de acordo com estudos, os produtos formulados aprovados à base de sulfoxaflor apresentaram estudos laboratoriais de toxicidade aguda e crônica para abelhas adultas e larvas, estudos de resíduos em néctar e pólen em diversas culturas, além de um estudo específico com o objetivo identificar a ação desta substância sobre colônias de abelhas.

Fonte: Portal DBO




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.