Notícias

27/03/2020 - Soja

Safra 2019/20 de soja tem uma das maiores margens brutas dos últimos 10 anos


O mercado da soja na Bolsa de Chicago voltou a operar com estabilidade e assim encerrou ontem (26/3) os negócios e fechou com oscilações bastante tímidas. "Temos muitas limitações para o mercado ainda", diz o Diretor da Cogo Inteligência em Agronegócio, Carlos Cogo. "Foi um dia de ajuste dos preços hoje", completou.

Os traders continuam acompanhando as questões ligadas aos desdobramentos da pandemia do coronavírus - como uma baixa de 7% no petróleo, por exemplo - as expectativas sobre a economia mundial e suas possibilidades de recuperação, ao mesmo tempo em que começa a se alinhar diante das expectativas para a nova safra de grãos dos EUA, e a possibilidade de uma menor área destinada à soja em detrimento do milho. 

Na contramão, uma demanda melhor e um pouco mais presente nos EUA, por parte da China, ajuda a equilibrar o mercado e a trazer alguma sustentação á cotações no mercado internacional, ainda como explica Cogo. 

"A demanda da China é consistente, por grãos e carnes, e deve comprar cerca de 10% a mais, em tonelagem, de soja do que comprou no ano passado", diz o analista. 

MERCADO BRASILEIRO
Todavia, Cogo reafirma que as compras chinesas se mantêm concentradas no Brasil e que o atual momento permanece sendo muito oportuno ao produtor brasileiro. "Toda a desvalorização do real se transferiu para dentro do preço da soja, mais um prêmio positivo no porto e uma cotação futura que parou de cair, levou a soja à casa dos R$ 100,00 e o produtor está muito satisfeito", explica. 

Assim, tendo vendido dois terços da safra atual e cerca de um quinto da safra nova - e já tendo adquirido boa parte de seus insumos - o produtor brasileiro agora estuda como irá comercializar o saldo restante da temporada 2019/20. 

Como relata Carlos Cogo, o produtor brasileiro de soja vem registrando suas melhores margens brutas, diante deste cenário, dos últimos dez anos. A média do dólar na construção dos custos de produção da safra atual, afinal, foi de R$ 3,91, bem distante dos atuais patamares.

Por: Aleksander Horta e Carla Mendes
Fonte: Notícias Agrícolas




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.