Notícias

20/06/2018 - Algodão

Protetor solar para planta aumenta a produtividade do algodão em até 39%


Aumento de até 39% na produtividade do algodão, incremento de 39 sacas por hectare na produção de batata e crescimento de 73 para 82 sacas de soja por hectare obtidos em um experimento realizado numa fazenda em Chapadão do Sul/MS. Esses são alguns ganhos obtidos por produtores que aplicaram o Protex, um produto desenvolvido e produzido pela Santa Clara Agrociência, que funciona como um “protetor solar” para diversas culturas, protegendo-as da insolação e da radiação UV.

Todos esses resultados foram divulgados na palestra Proteção Solar e Redução de Estresse Climático, proferida pelo engenheiro agrônomo Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da empresa, durante a 4ª Conferência Internacional, promovida esta semana, em Ribeirão Preto/SP, e que será encerrada nesta quarta-feira (20) com a inauguração de uma nova fábrica da Santa Clara, em Jaboticabal/SP.

Os benefícios do uso do Protex destacados durante a palestra são resultados de aumento da fotossíntese, da redução na temperatura média das plantas, da melhor formação de frutos e flores, da redução do abortamento de plantas e do aumento do peso de grãos e frutos. Tudo é conseguido graças a pulverização do Protex, produto que incorpora as mais avançadas tecnologias e, em razão disso, permite que não sai com a chuva, representando, portanto, um aprimoramento em comparação com produtos semelhantes que já são empregados há vários anos, sobretudo, nas culturas de frutas em geral.

A 4ª Conferência Internacional, que reúne um público de 350 pessoas, prossegue nesta quarta-feira (20) com as seguintes palestras: Manejo de Plantas Daninhas Resistentes a Herbicidas, proferida por Diego Wylliam do Vale, diretor comercial da Santa Clara; Práticas Fitossanitárias Inovadoras no Controle de Doenças Agrícolas; por Nykolas Schiavon; Resultados Safra 2017/18 em Manejo Sanitário, com o engenheiro agrônomo Henrique Morais; Inovações Tecnológicas e Novos Conceitos de Fertilização, com Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da Santa Clara; Inovações Tecnológicas e Novos Conceitos de Fertilização de Solo, por Roger Abdiel; Novas Tecnologias de Fertilizantes Nitrogenados de Liberação Gradual, com Marcelo Rolim, diretor Técnico e de Marketing da Santa Clara; e Patente Verde e Manejo Sustentável de Formigas, com Flávio Humberto Soares, diretor de Comércio Exterior da Santa Clara.

INAUGURAÇÃO DE NOVA FÁBRICA

Ao final das palestras da quarta-feira, os convidados da Conferência terão a oportunidade de participar da inauguração oficial da nova fábrica que a Santa Clara construiu em Jaboticabal, interior de São Paulo. Com área total de 4.200 m2, que exigiu investimentos da ordem de R$ 7,5 milhões, a nova unidade é dotada dos equipamentos mais sofisticados existentes no mundo para processamento de insumos de nutrição e proteção vegetal.

A partir da entrada em operação da nova planta, a empresa estima ampliar sua capacidade produtiva dos atuais 2,5 milhões de kg/litros de insumos, para algo na casa dos 26,9 milhões de kg/litros por ano. Em função desse expressivo aumento previsto para a produção, o sistema de armazenamento concebido para a nova unidade teve como princípio básico a máxima eficiência nas várias etapas do processo produtivo. Na prática, isso significa que será possível armazenar uma quantia de produtos 5 vezes superior ao sistema convencional, pois o design interno da área de processamento será verticalizado, com a utilização de paletização e movimentação de cargas praticamente todo automatizado, conferindo maior racionalização, segurança e agilidade no armazenamento e na expedição dos produtos.

Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.