Notícias

27/05/2020 - Milho

Projeto Mais Milho debate inovações para a máxima produtividade do grão


Amanhã, 28/5, o Projeto Mais Milho promove mais uma live para debater as inovações para a máxima produtividade na cadeia do cereal. O Brasil é o terceiro maior produtor mundial do grão, atrás apenas dos Estados Unidos e da China, segundo relatório do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

“Vamos falar sobre um tema muito importante que é produtividade, com rentabilidade. Com a Covid-19 teremos um mundo mais empobrecido, com menos dinheiro e mais preocupado com a segurança alimentar. E qual o papel do Brasil nesse cenário? É ter capacidade e competitividade para produzir alimentos mais baratos, com melhor qualidade e sustentabilidade”, afirma o vice-presidente da Associação Brasileira dos Produtores de Milho (Abramilho) e moderador da transmissão ao vivo, Glauber Silveira.

O milho que é utilizado na alimentação humana, alimentação animal e na produção de energia, é o segundo mais colhido no país, depois da soja. Na safra 2019/20, a perspectiva é que sejam colhidas 102,336 milhões de toneladas do cereal, de acordo com levantamento da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O volume representa uma alta de 2,3% em relação à temporada anterior, de 100,042 milhões de toneladas.

Além do aumento da área cultivada, ao longo dos últimos anos, o investimento em tecnologia por parte dos produtores tem garantido bons resultados nos campos e, consequentemente, no avanço na produtividade das lavouras do cereal. Dessa forma, o encontro virtual visa discutir essas novidades tecnológicas e ferramentas que auxiliam no aumento dos rendimentos nas lavouras brasileiras, com sustentabilidade e gerando renda aos agricultores.

Para isso, o vice-presidente Abramilho recebe o presidente da Embrapa, Celso Moretti, o líder em agricultura digital da Bayer, Vinicíus Faião e o gerente de pesquisa do Grupo Associado de Pesquisa do Sudoeste Goiano (Gapes), Túlio Gonçalo.

É possível acompanhar o encontro virtual no site, Facebook, Instagram e YouTube do Canal Rural, a partir das 20 horas de Brasília.

Por Fernanda Custódio
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.