Notícias

15/01/2019 - Outros

Produtores se reúnem e dizem que criação do novo Fethab será insuportável para alguns setores em MT


O presidente da Federação da Agricultura e Pecuária de Mato Grosso (Famato), Normando Corral, se reuniu nesta segunda-feira com o setor para buscar maneiras de convencer os deputados estaduais a não aprovarem a criação do novo Fethab, proposto pelo governador Mauro Mendes (DEM).

Para alguns setores, Normando diz que a taxação chega a ser insuportável e inviabiliza a produção.

“Nós mostramos que os números que temos do Instituto Mato-grossense de Economia e Agropecuária (Imea) que a taxação é feita em determinados setores de forma insuportável”, afirmou Normando.

Segundo ele, a classe sempre contribuiu com o estado e quer continuar contribuindo, mas ele pondera que muitos setores podem não resistir a mais uma taxação.

“Não é que nós não queremos contribuir com o estado. Nós sempre contribuímos, há bastante tempo. No caso do milho, por exemplo, se houver taxação, ele aumenta o prejuízo”, disse.

O presidente da Famato disse ainda que alguns setores devem discutir separadamente os reflexos da taxação do agronegócio e decidir se vale a pena continuar a produzir em Mato Grosso.

Por Ricardo Mello
Fonte: G1/TV Centro América




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.