Notícias

15/09/2020 - Soja

Por que as compras de soja da China devem atrasar?


De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, é bem possível que as compras de soja da China atrasem. Nesse cenário, os analistas da consultoria comentaram dados do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) e também do Centro Nacional de Informações sobre Grãos e Oleosas da China, elencando razões para esse patamar. 

A primeira dessas razões foram as compras chinesas antecipadas recorde até aqui. “De acordo com dados de vendas de exportação do USDA, assumindo que 50% das vendas listadas como "desconhecidas" eventualmente vão para a China, entidades estatais e privadas contrataram um volume de 20,3 milhões de toneladas no início do ano comercial de 2020/21 na primeira semana de setembro. Isso se compara com uma média de três anos de 11,2 milhões de toneladas no início do ano comercial antes do início da guerra comercial e um recorde anterior de 14,2 milhões de tons em 2016”, comentam. 

Além disso, o país asiático conta com enormes estoques. “De acordo com o CNGOIC, apoiado pelo estado, a média de quatro semanas de estoques está acima de 2,3 milhões de toneladas realizadas nos portos. Este é o maior volume em mais de 18 meses, de acordo com os dados e 10% maior que os estoques médios nos três meses que antecederam a guerra comercial”, completam. 

Outro ponto é a cobertura chinesa do 4º trimestre, que está muito alta. “Para o quarto trimestre de 2020, os embarques do Golfo nos EUA estão quase prontos. As últimas estimativas, segundo operadores consultados, sugerem que 90% estão cobertos para outubro, 70% para novembro e 60% para dezembro. Restam apenas 5,5 milhões de toneladas para comprar antes da safra brasileira começar a chegar aos portos em janeiro”, informam. 

A safra brasileira também pode ser um fator. “Uma moeda favorável e a demanda desenfreada por soja significam que os agricultores brasileiros produzirão uma enorme safra de soja este ano que deverá ter um impacto no mercado em janeiro”, concluem. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.