Notícias

03/07/2020 - Trigo

Plantio de trigo no RS avança a 87% da área; ciclone afeta algumas regiões


O plantio de trigo do Rio Grande do Sul atingiu 87% da área projetada para a safra, avanço de 13 pontos percentuais em relação à semana anterior, depois de um período de frio e chuva na maior parte do Estado, disse a Emater/RS ontem (2/7).

A recente passagem de um ciclone extratropical pelo Sul do Brasil limitou trabalhos em algumas regiões do Estado, como a de Pelotas, embora a visão geral da Emater aponte para condições climáticas favoráveis à safra.

Os trabalhos têm ritmo levemente superior aos registrados na temporada passada, quando 84% da área havia sido plantada em igual período. A média histórica de cinco anos, por sua vez, aponta para semeadura de 83% neste momento.

“De modo geral, as áreas já implantadas vêm apresentando bom desenvolvimento, com bom estande e sanidade das plantas”, afirmou o órgão do governo gaúcho em informativo conjuntural.

A Emater destacou que no momento os produtores monitoram eventuais pragas, doenças e ervas daninhas presentes nas lavouras.

A entidade ressaltou que o plantio está praticamente concluído em regiões como Ijuí —onde são semeados cerca de 261 mil hectares—, Bagé e Santa Rosa, embora fenômenos meteorológicos tenham afetado algumas áreas do Estado.

Um ciclone bomba passou pelo Rio Grande do Sul na terça-feira, com fortes ventos, chuvas e grande rastro de destruição. O plantio de trigo na região de Pelotas, por exemplo, foi paralisado em função da alta umidade do solo.

A Emater estima que 915,7 mil hectares sejam semeados com trigo no Estado neste ano, alta de 20,3% ante o ano passado. As projeções iniciais indicam ainda uma produção de 2,19 milhões de toneladas, queda de 2,14% no ano ano, devido a menores rendimentos.

Por Gabriel Araujo
Fonte: Reuters




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.