Notícias

26/03/2020 - Pecuária

Pandemia de coronavírus reduz movimento no mercado do boi


Na praça de São Paulo, o mercado do boi gordo já perde fôlego diante da pandemia de coronavírus. A Scot Consultoria, de Bebedouro (SP), informa que os pecuaristas estão ausentes dos balcões de negócios na expectativa de preços melhores. Assim, o volume de transações é baixo.

Na segunda-feira (23/3), em entrevista à Globo Rural, o proprietário do Boitel Chaparral, do interior de São Paulo, Sergio Przepiorka, reclamou da cotação da arroba, que não estava acompanhando os custos em alta da comida do gado e da reposição.

A Scot vai além: informa que nas demais regiões pecuárias o cenário é o mesmo de São Paulo, ou seja, oferta restrita de animais terminados, escalas enxutas e pouco volume de negócios.

Outra consultoria, a Informa Economics FNP, avalia que há fatores que podem dar um breque na tendência de baixa na arroba: sinais da China de uma retomada das atividades e a demanda interna por carne que tem se mantido ativa, sustentada, principalmente, pelas compras no varejo.

A FNP também registra as dificuldades de compra de gado gordo, o que mantém as escalas apertadas e o número de abates diários baixo.

Por Sebastião Nascimento
Fonte: Globo Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.