Notícias

04/02/2020 - Soja

Novas cultivares de soja da Embrapa ampliam competitividade do produtor


A Embrapa Soja e a Fundação Meridional lançam durante o Show Rural Coopavel, que será realizado até 7 de fevereiro, em Cascavel (PR), duas cultivares de soja - a BRS 543RR e a BRS 1061IPRO - altamente competitivas para atender às demandas dos produtores de São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul. A BRS 543RR tem como principal diferencial as características da tecnologia Block, ou seja, são tolerantes ao ataque de percevejos. “A tecnologia permite uma melhor convivência com os insetos no campo e, apesar de não dispensar o uso de inseticidas, amplia muito a proteção da lavoura ao ataque da praga”, explica o pesquisador Carlos Arrabal Arias”, da Embrapa Soja.

Além disso, a BRS 543RR é uma cultivar altamente produtiva com precocidade associada (grupo de maturidade 6.0), caraterísticas que garantem excelente performance em semeaduras antecipadas. “É uma opção bastante competitividade para os produtores que adotam o sistema de sucessão com outras culturas, o que propicia a semeadura do milho safrinha, por exemplo”, explica o pesquisador Marcos Rafael Petek. “Além disso, apresenta resistência às principais doenças da soja, inclusive à podridão radicular de Phytophthora”, reforça o pesquisador.

Por apresentar tolerância ao glifosato, a BRS 543RR colabora ainda com o controle de plantas daninhas e pode ser usada como opção de refúgio para as áreas de soja Intacta. A nova cultivar é recomendada para São Paulo, Paraná e Mato Grosso do Sul, abrangendo toda a macrorregião sojícola 2 (RECs 201, 202, 203 e 204). 

Os produtores que semeiam soja na macrorregião sojícola 2 têm agora no mercado uma nova opção de soja altos rendimentos e precoce (grupo de maturidade 6.1), a BRS 1061IPRO. Este lançamento permite o plantio antecipado da soja, o que possibilita a semeadura de segunda safra. “A cultivar possui alto potencial produtivo especialmente em regiões mais altas e férteis”, destaca Petek. A BRS 1061IPRO possui ainda resistência às principais doenças, sendo moderadamente resistente à infestão de nematoides de galha (M. javanica e M. incógnita).  

A nova cultivar é transgênica do tipo “Intacta RR2PRO” com tolerância ao herbicida glifosato e a presença do gene que confere resistência a algumas lagartas que atacam a cultura da soja como a Anticarsia gemmatalis e a Chrysodeixis includens.

Fonte: Notícias Agrícolas




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.