Notícias

11/10/2019 - Soja

Negociações da Guerra Comercial seguram soja


O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou ontem(10/10) baixa de 0,25 ponto no contrato de Novembro/19, fechando em US$ 9,235 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 0,25 e 0,50 ponto.

Os principais contratos futuros tiveram sessão de ligeiras perdas no mercado norte-americano da soja, em compasso de espera pelas reuniões Estados Unidos/China. “O USDA reportou pela manhã exportação de 398 mil tons de Soja para a China. O NASS (National Agricultural Statistics Service) reduziu sua projeção sobre o rendimento da soja dos EUA para 2019 em 1 bushel por acre, para 46,9 bpa. Isto provocou uma redução na estimativa de produção de 2,26 MT para 96,61 MT”, aponta a T&F Consultoria Agroeconômica.

De acordo com a ARC Mercosul, o mercado ficou inteiramente focado em dois importantes fatores: “O novo relatório do USDA e os novos encontros políticos entre EUA e China. As estimativas atualizadas para a safra norte-americana chegaram a disparar um movimento de alta na soja e afundou os preços de cereais, como milho e trigo. O Departamento de Agricultura dos EUA reduziu em 2% as estimativas de produtividade para a soja”. 

“Entretanto, ao longo da reta final da sessão de hoje, a especulação da oleaginosa tornou novamente o foco nas negociações comerciais, uma vez que o novo relatório do USDA não trouxe ‘grandes surpresas’ para a soja. A falta de atividade política entre EUA e China coloca o mercado em retração e aversão ao risco no curto-prazo”, concluem os analistas da ARC Mercosul.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.