Notícias

08/01/2020 - Milho

Milho: veja a previsão do tempo para fevereiro, março e abril


Quem produz milho está de olho no clima para a segunda safra, porque o bom desenvolvimento da produção dependerá de chuvas no momento certo, principalmente com a possibilidade de uma janela menor. Por isso, em parceria com a Somar Meteorologia, o Canal Rural preparou uma previsão do tempo estendida.

Janeiro
Há relatos de que a área de baixa pressão que se estende do Paraguai ao Paraná provocou chuva volumosa em algumas áreas do estado, nesta segunda-feira, 6. Porém, de acordo com a Somar, a situação em território gaúcho é bem diferente.

“O Rio Grande do Sul se mantém livre de chuvas. O estado deve receber uma frente fria nos próximos dias, mas ela só provocará chuvas quando chegar na altura do Sudeste, o que está previsto para os próximos dias também”, afirma a meteorologista Desirée Brandt. 

Outra frente fria também se forma na altura do Espirito Santo, com possibilidade de ser acompanhada por chuvas volumosas. De 8 a 12 de janeiro, a Somar indica que os maiores acumulados estarão concentrados em parte do Sudeste, Centro-Oeste e Norte. No Rio Grande do Sul, a chuva deve ser menor e mais isolada.

“É importante lembrar que a chuva em pequenos volumes ainda pode ser prejudicial, porque existe a possibilidade de que as pancadas sejam acompanhadas por ventos fortes, raios e granizo. Tudo isso porque o excesso de calor contribui para a formação de nuvens carregadas”, explica Desirée. 

Fevereiro
De acordo com a Somar, os modelo para fevereiro reforçam as condições de chuvas em áreas do Matopiba, região agrícola formada pelo Maranhão, Tocantins, Piauí e Bahia. A previsão é de que o mês também seja marcado por boas chuvas de Minas Gerais a Mato Grosso. Contudo, a previsão para a região Sul ainda é de baixos acumulados.

“Não significa que o mês de fevereiro será seco nas regiões produtoras do Rio Grande do Sul, mas é preciso lembrar que o esse acumulado não será o suficiente para atingir a média histórica de acordo com a previsão”, diz. 

Março 
No Nordeste, as chuvas continuam e ganham força na faixa norte da região. Por outro lado, a precipitação pode diminuir na faixa do noroeste de Mato Grosso.

Já para o Sul, março pode ser marcado por chuvas acima da média no Rio Grande do Sul. Em Santa Catarina, os acumulados podem ficar abaixo da média. “Mas esse cenário não é tão ruim, porque o clima não ficará totalmente seco, mas abaixo do previsto”, lembra Desirée.

Abril 
Volta a chover na região Sul, especialmente no Paraná e Rio Grande do Sul. Já em Minas Gerais, Bahia e Goiás, a previsão é de queda nos acumulados de chuva. 

“Em Minas Gerais, Triângulo Mineiro e centro-sul do estado, que costumam fazer uma safrinha mais tarde, essa chuva em abril é muito importante para garantir uma boa produtividade no milho segunda safra, mas como mostra a previsão, abril será um mês mais seco, com a umidade sendo mais canalizada para o Sul do país”, afirma Desirée.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.