--%>

Notícias

19/12/2018 - Milho

Milho: primeira variedade para produção orgânica do Espírito Santo


O Espírito Santo tem a primeira variedade de milho totalmente orgânica desenvolvida no Estado: “ES-204 Imperador”, lançado nesta terça-feira (18) pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper). Essa cultura apresenta elevada importância na agricultura familiar e é de grande utilidade na alimentação humana e na produção orgânica certificada de ovos, leite e carne.

Atualmente, a maioria dos agricultores cultiva milho transgênico em suas propriedades, porque é a única semente disponível no mercado. “O Milho Imperador é uma opção para que o agricultor orgânico do Espírito Santo tenha sementes de qualidade genética e produtividade comprovadas cientificamente. E tem um trunfo: é uma variedade que o agricultor consegue manter na propriedade e tem tripla aptidão: pode ser usado como grão; consumido em espiga, como milho-verde; e serve ainda para a produção de biomassa”, destacou Jacimar Luis de Souza, pesquisador do Incaper responsável pelos trabalhos.

“Quanto orgulho saber que o Incaper lança uma variedade acessível ao nosso maior público, que são os agricultores familiares. Essa é uma tecnologia que traz mais esperança para essas pessoas, uma vez que se trata de um sistema produtivo que objetiva a autossustentação dessas famílias, além da oferta de alimentos saudáveis e da preservação da saúde ambiental e social no campo”, lembrou a diretora-presidente do Incaper, Nara Sthefania Tedesco.

Para desenvolver a variedade, o Incaper dedicou 28 anos de pesquisa. “A variedade ES-204 Imperador é uma cultivar obtida pelo Incaper, por meio de diferentes estratégias de melhoramento genético. Os trabalhos foram iniciados em 1984. Foram realizados três ciclos de seleção e, em 1986, essa população foi lançada com a denominação ‘Emcapa-201’, como a primeira variedade melhorada de milho para o Espírito Santo. Os trabalhos de seleção em condições normais de cultivo e sem irrigação continuaram até 1990. Foi quando a variedade foi introduzida no sistema de cultivo orgânico, na Unidade de Referência em Agroecologia do Incaper, na Região de Montanhas do Espírito Santo. Lá, foi submetida a 28 anos de seleção. Como resultado desse trabalho contínuo, obteve-se a variedade ‘ES-204 Imperador’”, explicou o pesquisador.

A variedade representa um importante resgate de material genético: “A preservação de variedades crioulas é fundamental na produção orgânica de alimentos, especialmente devido à grande perda de diversidade genética em diferentes espécies em todo o mundo. Ao retomar esse material o Incaper colabora para manter o material crioulo, manter a biodiversidade”, acrescentou Souza.

Uma das grandes vantagens do Milho Imperador é o patamar de produtividade. A variedade chega a produzir 9.861 quilos de espigas e mais de 8 toneladas de grãos secos por hectare. Além da alta produtividade, o milho possui boa estabilidade de produção, bom empalhamento de espiga, tolerância às principais doenças foliares e de grãos e ao acamamento e quebramento de planta.

Por ser uma variedade, a ES-204 Imperador é mais rústica, apresenta custo de semente cerca de 50% menor que os híbridos e tem a grande vantagem de permitir que suas sementes sejam utilizadas em novos plantios. “Esse é o grande trunfo do Milho Imperador. É uma variedade que o produtor consegue manter na propriedade, com padrão produtivo e qualitativo. O agricultor tem mais autonomia para obter sementes de qualidade e com um menor custo de produção”, detalhou Souza.

“Outra coisa importante é que essa nova variedade tem condição de competir com milho híbrido e transgênico. No aspecto relativo à alimentação animal, a oferta de milho de composição nutricional conhecida é um benefício de destaque. Já na produção orgânica de milho para grãos ou milho-verde, a utilização de cultivares de polinização aberta é recomendada, pois permite a utilização de sementes do próprio sistema, tornando a atividade mais rentável”, disse o pesquisador. Além de Jacimar Luis de Souza, outros profissionais do Incaper participaram dos trabalhos que culminaram no desenvolvimento da variedade: os pesquisadores Romário Gava Ferrão, Hélcio Costa e Maurício José Fornazier, e o técnico agrícola Walter de Oliveira Filho.

Na ocasião do lançamento, serão distribuídos 350 kits contendo 300 gramas de sementes do Milho Imperador. Os agricultores que participarem do evento também receberão um tíquete. Quando campos de visitação estiverem secos e forem colhidas mais sementes, o produtor vai levar um quilo do Milho Imperador. Os campos devem ser colhidos em março, e já em abril as sementes estarão à disposição dos agricultores capixabas.

Por Danieleh Coutinho
Fonte:ESHoje




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.