Notícias

11/05/2020 - Milho

Milho: cotações impulsionadas por fatores externos


As cotações do milho no mercado internacional avançaram levemente, sendo impulsionadas por fatores externos como a recuperação leve do petróleo e vendas para China, segundo informou a T&F Consultoria Agroeconômica. De acordo com as informações, esses dados acrescentam um incentivo positivo, em um cenário de grande fraqueza na demanda doméstica.  

“Em particular, nota-se que as estimativas  privadas  esperam um ajuste mais  ascendente na  projeção dos estoques finais, no próximo relatório mensal do USDA. No último dia de negociação da semana, os futuros de milho adicionaram 1 1/4 a 3 centavos ao movimento da semana. Na semana, os futuros de  maio  subiram  7 centavos e meio”, informa. 

Nesse cenário, os futuros do milho do mês presente estão mostrando ganhos de 3  3/4  a  5 1/2  centavos até  agora.  Já os ganhos futuros de  safra  nova  estão mais fracos. “O mercado está construindo um pouco de prêmio meteorológico contra a onda de frio deste fim de semana e possíveis danos à fração emergida da safra de milho. Os Fundos de investimento tinham 190.152 contratos líquidos de vendas em 05 de maio. Esta é a maior posição líquida de vendas  desde 14 de maio do ano passado. Houve 8.904 posições longas fechadas na semana, mas a maioria das posições vendidas veio através de novos interesses de venda líquidos”, completa. 

“A estimativa média dos analistas para a produção nacional de milho dos EUA em 2020/21 é de 177,7 bpa, acima da média do ano passado de 168. A produção estimada de milho dos EUA é de 4.140 bbu. Estimativas antes da atualização Wasde da próxima terça-feira têm estoques de milho 2020/21 que terminam em média 3.410 bbu para os EUA. A estimativa média para os estoques da safra anterior é de 2.278 bbu”, conclui. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.