Notícias

15/06/2018 - Milho

Milho com alto valor proteico também é resistente à daninha


Um estudo desenvolvido por pesquisadores da África Austral descobriu que variedades de milho que contêm melhor conteúdo nutricional, principalmente no que se refere à proteína, também são resistentes a erva daninha Striga. A invasora suga os nutrientes do milho,  fazendo a planta murchar e atrofiando o seu crescimento. 

De acordo com a pesquisa, a produção de milho africana pode registrar quedas de 20% a 80% dos campos, fazendo com que agricultores percam lavouras inteiras devido a erva. Peter Setimela, cientista do Centro Internacional de Melhoramento de Milho e Trigo em Harare, Zimbábue, e coautor do estudo, explica as condições favoráveis para a disseminação da Striga e diz que os agricultores locais serão os maiores beneficiados com a nova descoberta. 

"A Striga é conhecida por afetar campos que têm baixa fertilidade do solo. Suas sementes podem permanecer no solo por mais de 15 anos. Muitos pequenos agricultores não podem comprar produtos químicos para controlar a Striga. Eles também podem não conseguir comprar fertilizantes químicos”, comenta. 

Ao todo foram descobertas quatro variedades de milho que podem ser resistentes à planta invasora. Sentimela comenta que os testes feitos até agora foram em laboratório, mas garante que em contato com o campo as plantas mostrarão o mesmo resultado. O cientista  afirma ainda que o estudo não é importante somente para aumentar a produção de milho, mas também produzi-lo com mais qualidade. 

"Em última análise, as culturas serão cultivadas nos campos dos agricultores. Garantimos que os resultados de ambientes controlados também se aplicam às condições de campo. Essas variedades fornecerão opções para os agricultores em áreas com Striga. Eles vão melhorar a segurança alimentar e nutricional", finaliza.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.