Notícias

12/12/2019 - Cana

Melhora do setor no Brasil deve ser limitada em 2020


O setor de açúcar e etanol no Brasil tem potencial limitado de melhora na temporada 2020/21, que começa em abril do ano que vem, segundo a Fitch Ratings. A agência de classificação de risco diz que a geração de fluxo de caixa não tem muito espaço para aumentar por causa da expectativa de alta modesta dos preços de açúcar. No caso do setor de etanol, um fator positivo pode ser a implementação do programa Renovabio e a comercialização de Créditos de Descarbonização (CBios), diz a Fitch. A agência projeta aumento modesto dos investimentos e liquidez reduzida para a maior parte das companhias do setor de açúcar e etanol.

Para o ciclo 2019/20, que termina em 31 de março do ano que vem, a Fitch prevê alavancagem estável e maior geração de fluxo de caixa em comparação à temporada anterior. Isso reflete o maior volume de cana-de-açúcar processado e a contribuição dos preços de etanol para o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização), que compensaram o efeito do dólar mais forte sobre o endividamento das empresas.

A Fitch espera reafirmar o rating da maioria das companhias do setor em 2020. A perspectiva é estável para 80% do universo de cobertura da agência, e as demais empresas têm nota "CCC-" ou inferior por causa de fatores específicos. Segundo a Fitch, o espaço limitado para uma alta significativa do etanol, a recuperação lenta dos preços de açúcar e o acesso limitado ao crédito devem continuar pressionando empresas em dificuldades financeiras.

Fonte: Broadcast Agro




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.