Notícias

06/09/2018 - Outros

Investimento em tecnologia vai determinar o futuro do agronegócio

Com um consumidor final cada vez mais exigente, Embrapa alerta que produtores rurais precisam se adaptar

O controle de decisões ligadas à cadeia produtiva, como irrigação e aplicação de fertilizantes e insumos, pode ser feito de forma automatizada, possibilitando um maior controle das condições da lavoura. Investimento em tecnologia é tendência para os próximos anos, segundo a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). “Você já tem sensores e equipamentos obtendo informações online para auxiliar em todo processo produtivo, desde o plantio até a pós-produção”, diz a chefe da unidade Informática Agropecuária, Silvia Massruhá.

Para a pesquisadora, resta usar esse conhecimento nas tomadas de decisão, reduzindo custos e aumentando a produtividade e o rendimento do negócio. O coordenador do Instituto Interamericano de Cooperação para Agricultura (IICA), Caio Rocha, defende que a disseminação das práticas precisa de apoio governamental. “Nos últimos 20 anos, se pegarmos terra, capital, trabalho e tecnologia, o que mais agregou foi a tecnologia”, afirma.

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) já descobriu as vantagens de investir em tecnologia e automatização. Há dois anos, foi montado o Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), em Brasília, capaz de analisar centenas de amostras por dia. “O objetivo é preparar amostras de referência, para que os laboratórios possam fazer uma checagem e garantir, ao fim do processo, que o comprador final receba o resultado conforme a análise”, explica o gerente do laboratório, Edson Mizoguchi. A credibilidade junto ao mercado, segundo ele, pode ser traduzida em preços melhores.

Por: André Anelli

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.