Notícias

04/06/2020 - Clima

Inverno e primavera: veja como deve ficar o tempo na região Nordeste


O inverno no Brasil começa no próximo dia 20, às 18h44. Confira as tendências climáticas para a nova estação no Nordeste e também as indicações para a primavera na região. Vale lembrar que as simulações meteorológicas de longo prazo podem sofrer alterações.

Inverno
A chuva forte que vem caindo sobre algumas áreas do Nordeste desde o início de 2020 prossegue em junho, sobretudo na Chapada Diamantina, Planalto da Borborema (Pernambuco) e litoral da Bahia, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão. Na maior parte do interior da região, como é normal para época do ano, o tempo permanecerá seco.

A atenção fica voltada para a falta de calor em áreas baixas ou até mesmo para o frio um pouco mais forte que o normal nas regiões mais altas. As madrugadas vão continuar mais frias que o normal ao longo do Vale do São Francisco, Planalto da Conquista e no Cariri cearense.

Mesmo nas áreas em que a chuva ficará abaixo da média em relação a outros anos, ventos mais fortes e maior quantidade de nuvens deixarão a temperatura máxima mais baixa que o normal em boa parte da região. Porém no Maranhão, Piauí e na costa do Ceará e do Rio Grande do Norte as tardes serão mais quentes do que o normal.

A expectativa é de que a chuva intensifique ao longo de junho no leste da Bahia. Por isso, a menor amplitude térmica também será observada no fim do mês.

Em Recife, ao contrário, após chuva forte na primeira semana de junho, a precipitação não irá parar completamente nas semanas seguintes, mas enfraquece bastante. A expectativa de uma segunda quinzena menos quente que a primeira.

Em julho, a chuva acima da média será percebida apenas no sul da Bahia e no norte do Maranhão. Boa parte da costa leste e norte do Nordeste receberá menos chuva que o normal, mas isto não implicará em ausência completa de precipitação.

As temperaturas mínimas e máximas vão ficar próximas da média histórica.

A partir de agosto, a chuva começa a enfraquecer na maior parte da costa do Nordeste. A exceção será o Recôncavo Baiano, com precipitação acima do normal por conta da presença de sistemas frontais mais intensos.

Mesmo assim, a temperatura fica acima da média especialmente na região produtora de grãos entre Bahia, Piauí e Maranhão.

Primavera
Para a primavera, por enquanto, não aparecem grandes desvios de precipitação na maior parte do Nordeste. Destaca-se apenas o norte da região, entre o Ceará e o Maranhão, com chuva inferior à média,. Mas trata-se de uma área já normalmente seca entre os meses de setembro e novembro.

Além disso, boa parte do Nordeste deverá permanecer com temperatura próxima da média histórica no trimestre da primavera.

Por Pryscilla Paiva
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.