Notícias

23/07/2019 - Outros

Indústria de insumos agrícolas melhora eficiência com plataforma de monitoramento


As dimensões continentais do Brasil exigem precisão nas estratégias comerciais e de distribuição dos fornecedores de insumos para a agricultura, pois as distâncias entre o local de fabricação e o ponto de entrega são enormes e os custos logísticos, devido à infraestrutura deficiente, são altos.

Para auxiliar nesse planejamento, uma ferramenta tecnológica, o DataSafra, foi desenvolvida para levar dados precisos sobre de áreas plantadas das culturas de soja e milho de segunda safra, por região, municípios e até por talhão plantado. Por meio da coleta e análise de imagens de satélites, a plataforma digital fornece, em tempo quase real, mapas, tabelas e gráficos detalhados sobre a expansão ou retração dessas culturas.

Atualmente ainda restrita ao mapeamento do Mato Grosso, a inovação permite transformar dados em indicadores úteis, que servirão também para orientar, com mais confiabilidade, as estratégias comerciais dos fabricantes de insumos agrícolas, incluindo os esforços de vendas, mobilização de equipes e realocação de recursos.

Com os indicadores mapeados pelo DataSafra, um fabricante de fertilizantes consegue ter na tela do computador, por exemplo, a informação de que a área plantada de milho safrinha no Mato Grosso era, em maio deste ano, de 4,8 milhões de hectares. A vantagem é que esse dado não foi informado ou estimado pelos produtores, mas sim fruto da análise de uma imagem real do que estava efetivamente plantado naquele momento, permitindo até saber qual o estágio de evolução da plantação.

É possível ainda antecipar tendências de para onde está avançando a plantação da cultura numa determinada região, uma vez que o DataSafra disponibiliza a situação de até duas safras passadas, permitindo análises comparativas. A ferramenta consegue descer a esse nível de detalhe graças ao cruzamento de dados levantados a partir de complexos algoritmos e até a utilização de conceitos como Big Data e Inteligência Artificial.

Fruto de um esforço de inteligência de diversos profissionais e de dois anos e meio de desenvolvimento, o DataSafra foi concebido pela Geoambiente, empresa com 25 anos de experiência na área de geolocalização e sensoriamento remoto. Atualmente focado nas culturas de milho e soja, a plataforma está disponível para o Mato Grosso, mas, em breve, se estenderá a outras culturas e outros estados.

Por Rodrigo Bruder
Fonte: EaeMáquinas




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.