Notícias

09/03/2018 - Soja

IBGE: quatro dos principais produtos agrícolas puxam revisão para cima da safra de 2018


Quatro dos principais produtos agrícolas brasileiros foram responsáveis pela revisão para cima da safra de grãos prevista para este ano, segundo o Levantamento Sistemático da Produção Agrícola de fevereiro, informou hoje o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A safra agrícola de 2018 deve totalizar 227,2 milhões de toneladas, 1,1 milhão de toneladas a mais que o estimado pelo levantamento de janeiro, um aumento de 0,5%.

Em relação à estimativa de janeiro, houve melhora nas culturas de sorgo (7,3%), café robusta (canephora) (2,9%), milho 2ª safra (0,7%) e soja (0,6%).

A expectativa para o arroz (0,0%) permaneceu estável, mas houve reduções para o milho 1ª safra (-0,1%), algodão herbáceo (-0,6%), tomate (-1,2%), café arábica (-1,2%), feijão 3ª safra (-1,3%), feijão 2ª safra (-1,4%), feijão 1ª safra (-1,5%), cacau (-20,9%) e castanha de caju (-29,5%).

A segunda estimativa da produção do algodão alcançou 4,3 milhões de toneladas. O rendimento médio ficou 0,6% menor do que em janeiro, enquanto a área plantada sofreu uma redução de 0,1%.

A estimativa de produção de arroz em fevereiro foi de 11,7 milhões de toneladas, apenas 2.449 toneladas a menos que a estimativa do mês anterior, o que representa uma estabilidade estatística. A previsão para o rendimento médio não se alterou em relação ao mês de janeiro, enquanto a área plantada sofreu uma redução de 381 hectares. O Paraná reduziu sua expectativa de produção em 6,4%, puxada pela estimativa do rendimento médio 6,1% menor que a do mês anterior. Em Goiás, houve redução de 1,6% na área plantada, mas expectativa de produção 5,8% maior, com a previsão de aumento de 7,5% no rendimento médio.

A produção de cacau deve totalizar 215,7 mil toneladas. Em fevereiro, a Bahia apresentou redução de 39,6% em relação a janeiro de 2018, devido a um acerto na metodologia de cálculo.

A safra de café deve ficar em 3,2 milhões de toneladas, ou 53,0 milhões de sacas de 60 kg. A produção do café arábica foi estimada em 2,5 milhões de toneladas, ou 40,9 milhões de sacas de 60 kg. Apesar do aumento de 1,3% no rendimento médio, a área a ser colhida apresenta redução de 2,4% em relação a janeiro. Quanto ao café canephora, a produção esperada é de 728,9 mil toneladas (12,10 milhões de sacas).

A estimativa de produção de castanha de caju foi de 148,6 mil toneladas. Já a safra de sorgo deve alcançar 2,3 milhões de toneladas. A área plantada e a área a ser colhida apresentaram crescimento de 2,7%, enquanto o rendimento médio aumentou 4,5%. Os dados foram impulsionados por Goiás, que estimou uma produção de 992,4 mil toneladas, aumento de 24,1% em relação ao mês anterior. 

Por Daniela Amorim
Fonte: Broadcast Agro





Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.