Notícias

25/07/2018 - Algodão

Horita vê produtividade recorde de algodão em 2018 com tempo favorável na Bahia


O Grupo Horita, empresa agrícola com atuação no oeste da Bahia, prevê produtividade recorde na safra de algodão deste ano, já em colheita, disse nesta terça-feira o presidente da companhia, Walter Horita, citando condições climáticas favoráveis para o bom desempenho das lavouras.

"Já temos 45 por cento do algodão colhido e até o momento a produtividade é de 340 arrobas por hectare. Mas continua subindo. No ano passado foram 344 arrobas por hectare e devemos chegar a isso neste ano, podemos até superar", afirmou, acrescentando que a projeção da empresa é de 345 arrobas por hectare em 2018.

"Tivemos condições climáticas adequadas... Choveu 1.300 milímetros no oeste da Bahia, bem distribuídos", destacou no intervalo do Global Agribusiness Forum (GAF), em São Paulo.

Para a safra vigente, o Grupo Horita plantou 38 mil hectares com algodão, revelou o executivo.

A produtividade maior deve ser observada em todo o país, segundo os dados mais recentes da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Atuando no oeste baiano desde 1984, a empresa também é uma importante produtora de soja e milho, cujas plantações deste ano já foram praticamente todas colhidas.

Foram plantados 56 mil hectares com a oleaginosa e 4 mil hectares com milho, com produtividades de 73 sacas e 193 sacas, respectivamente.

Horita destacou que a companhia tem ainda 12 mil hectares disponíveis para expansão de plantações, mas só deve utilizá-los na safra 2019/20.

Para 2018/19, cujos plantios têm início no segundo semestre, o objetivo será elevar a produção e as receitas para os próximos investimentos.

Por José Roberto Gomes
Fonte: Reuters




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.