Notícias

29/10/2019 - Milho

Guerra comercial, clima e preços amortecem milho dos EUA


Fatores como a guerra comercial travada entre a China e os Estados Unidos, somada com o clima e os pressos altos, acabaram amortecendo o mercado do milho norte-americano. Com a colheita de milho nos EUA em 2019, a American Corn Growers Foundation (ACGF) alerta sobre questões atuais e mais duradouras que afetam o setor. 

“À medida que os agricultores colhem nossa safra de milho em 2019, precisamos estar cientes de que em 17 de outubro as exportações acumuladas de milho nos EUA (quantidades embarcadas) eram apenas 37% dos níveis do ano anterior. Aparentemente, os novos formuladores de políticas de hoje ainda precisam aprender a lição difícil de que as guerras comerciais não são fáceis de vencer. De fato, as guerras comerciais têm um custo tremendo para os agricultores e a economia rural”, disse Gale Lush, presidente da ACGF. 

"A China não está se apressando em assinar um novo acordo comercial com os EUA. O Bloomberg News, informou em 24 de outubro que a China pretende comprar pelo menos US $ 20 bilhões em produtos agrícolas dos EUA em um ano se um acordo parcial for concluído", afirma Lush.   

Ele disse que é o "melhor acordo comercial de todos os tempos. Levaremos anos para recuperar as exportações que ele perdeu. Eu não chamo isso de vencedor. Os consumidores americanos também pagam as tarifas de importação da guerra comercial. A única vitória que alguns produtores de milho podem obter este ano e se tiverem a sorte de ter uma boa safra, enquanto o mau tempo em outras regiões reduz a safra nacional de milho e aumenta os preços”, completou ele. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.