Notícias

11/08/2020 - Outros

Expectativa do PIB brasileiro parou de piorar pela 6ª semana seguida


A previsão do mercado financeiro para a queda da economia brasileira este ano foi ajustada de 5,66% para 5,62%. A estimativa de recuo do Produto Interno Bruto (PIB) – a soma de todos os bens e serviços produzidos no país – está no boletim Focus, publicação divulgada todas as semanas pelo Banco Central (BC), com a projeção para os principais indicadores econômicos.

Com esses dados, chegamos na sexta semana consecutiva onde a expectativa do PIB do Brasil parou de piorar. Para o próximo ano, a expectativa é de crescimento de 3,50%, a mesma previsão há 11 semanas consecutivas. Em 2022 e 2023, o mercado financeiro continua a projetar expansão de 2,50% do PIB.

De acordo com o economista-chefe do Banco Haitong, Flávio Serrano, há uma estabilidade nas últimas projeções feitas pelo boletim. “Projeções em geral dos economistas não se mostraram muito diferente das semanas anteriores. A inflação, por exemplo, IPCA, tivemos 1,63%. No entanto, IGPM [Índice Geral de Ppreços de Mercado] acabou subindo um pouco mais, com quase 9%, mas essa diferença entre os índices de preços se dá por conta de uma demanda muito grande da china por produtos brasileiros”, disse.

Segundo ele, os principais produtos demandados pelos chineses são a soja e o minério de ferro, mostrando a importância do agro na recuperação econômica. “Um ponto interessante é a revisão contínua nas projeções de crescimento, diminuindo a queda do PIB. A agricultura foi importante nesse processo de melhoria, mas mais recentemente observamos dados de recuperação nos indicadores de atividade, como indústria, varejo e serviços”, finalizou.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.