Notícias

19/06/2019 - Cana

Dispositivo da Unicamp aumenta precisão na cultura de cana


A Agricef, empresa-filha da Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) que atua no desenvolvimento e na produção de equipamentos agrícolas, é uma das empresas no ecossistema de Campinas que aposta na conexão com a universidade para agregar inovação a seus produtos. Mas, além do apoio à estruturação do negócio por meio do processo de incubação, a interação com a academia também resulta no desenvolvimento e licenciamento de novos produtos, especialmente criados para responder a demandas tecnológicas de um mercado em constante transformação.

O mais recente licenciamento da Unicamp para a Agricef foi o da patente de um dispositivo para medida de fluxo mássico de produtos agrícolas: uma balança, voltada para a cultura da cana-de-açúcar. Como resultado, as empresas lançaram o sistema chamado Simprocana, que pode ser acoplado a qualquer colhedora de cana-de-açúcar comercial, tornando-a mais completa e focada na Agricultura de Precisão, pois é capaz de medir, em tempo real, a quantidade de cana colhida em uma determinada área da plantação. Tais dados proporcionam a elaboração de mapas de produtividade que permitem visualizar a variabilidade da produção dentro do talhão, mostrando os diferentes rendimentos (toneladas por hectare) obtidos. 

“A variação de produtividade, em um mesmo canavial, pode ser enorme. Enquanto algumas áreas chegam a produzir até 150 toneladas, outras produzem 20 toneladas. O Mapa de Produtividade permite enxergar onde se produziu mais e menos e entender o porquê”, afirma Guilherme Cerri, um dos sócios da Agricef e também um dos pesquisadores envolvidos no desenvolvimento dos novos produtos da empresa.

De acordo com o empreendedor, além da especialidade na cultura canavieira, o grande diferencial do Simprocana é a maior acurácia, obtida por meio de células de carga menores e mais precisas, que se tornaram possíveis graças aos mecanismos de proteção desenvolvidos pela empresa, além da resiliência frente às condições adversas que a colhedora pode encontrar no canavial. O Simprocana é atualmente comercializado pela empresa Enalta e já está sendo utilizado por produtores de cana da América Latina, em países como a Colômbia e a Guatemala.

BRASIL
Com a tecnologia já implantada no exterior, a Agricef volta seu olhar para o mercado interno. A importância do setor sucroalcoeiro na economia brasileira é um grande estímulo para o desenvolvimento de tecnologias voltadas para o gerenciamento mais detalhado do sistema de cana-de-açúcar. De acordo com dados divulgados pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), a produção global de açúcar na safra 2017/2018 deve alcançar a casa de 184,949 milhões de toneladas. O Brasil é responsável por 40,2 milhões de toneladas, no mesmo período.

Fonte: Jornal de Piracicaba




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.