Notícias

25/02/2019 - Milho

Consultoria projeta novas altas no preço do milho nesta semana


O cenário pouco mudou no mercado brasileiro de milho na sexta-feira, dia 22. Os preços seguiram firmes, com consumidores ainda encontrando dificuldades de abastecimento em alguns estados, com São Paulo sendo o maior exemplo, diz o analista de Safras & Mercado Fernando Henrique Iglesias.

Do lado dos produtores, o foco está no escoamento e na comercialização da soja, o que mantém o milho estocado, aponta a Agrifatto.

“Esta semana tende a ser marcada por continuidade do movimento de alta nessas regiões. Importante ressaltar que o fluxo de embarques nos portos da região Sul segue muito acima da normalidade para essa época do ano”, afirma Iglesias.

A Agrifatto aponta que a movimentação da semana passada sugere que o mercado aguarda por novos fatores que permitam novos reajustes para cima.

MILHO NO MERCADO FÍSICO – POR SACA DE 60 KG
  • Rio Grande do Sul: R$ 38
  • Paraná: R$ 36
  • Campinas (SP): R$ 44
  • Mato Grosso: R$ 26
  • Porto de Santos (SP): R$ 37,50
  • Porto de Paranaguá (PR): R$ 37
  • Porto de São Francisco (SC): R$ 37
A Bolsa de Chicago para o milho fechou com preços mistos, próximos da estabilidade. Parte das cotações estenderam os ganhos da quinta-feira, quando foram sustentadas pela expectativa de que a guerra comercial entre os Estados Unidos e a China possa chegar ao fim até 10 de março – data que expira a trégua provisória. Na semana, a posição março acumulou leve alta de 0,4%.

Além disso, os investidores digerem os números do Fórum do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA), que estimou a área do país em 92 milhões de acres, contra 89,1 milhões previstas em 2018. O órgão norte-americano ainda indicou menor oferta em 2019/2020.

As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2018/2019, que tem início no dia 1º de setembro, ficaram em 6 milhões de toneladas no acumulado de seis semanas encerradas em 14 de fevereiro. O maior importador foi o México, com 1,4 milhões de toneladas. Para a temporada 2019/2020, foram mais 29,2 mil toneladas. Analistas esperavam o número entre 4 e 7,25 milhões de toneladas.

MILHO NA BOLSA DE CHICAGO (CBOT) – POR BUSHEL
  • Março/2019: US$ 3,75 (-0,25 cent)
  • Maio/2019: US$ 3,84 (+0,25 cent)

Fonte: Canal Rural - http://tempuri.org/tempuri.html




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.