Notícias

22/06/2020 - Milho

Confira os preços de milho no Brasil


No Rio Grande do Sul, o preço do milho para exportação se tornou atraente e o estado vendeu 30.000 toneladas em dois dias, com o mercado um pouco mais agitado do que na semana passada, segundo informações da T&F Consultoria Agroeconômica. “Os preços voltaram a ganhar força e foram negociados acima dos R$ 50,00/saca na região Serra. Houve negócios inclusive fechados a R$ 51,00/saca. Na região central do estado também andou um pouco mais (se comparado a semana passada)”, indica.  

Em Santa Catarina, o estado teve produção de apenas 2,59 milhões de toneladas, um recuo de 7,01%. “As perdas registradas em função da estiagem foram melhor dimensionadas. As regiões de Curitibanos, com 21,9%, e Campos de Lages, com 42,9%, são as que apresentam as maiores estimativas de redução da produtividade, por serem as mais afetadas pela falta de chuvas e pelo forte calor no início do ano, que incrementou as perdas”, completa. 

No Paraná o preço do milho manteve a alta do dia anterior no porto. “Os preços para o mercado interno também mantiveram a alta do dia anterior para R$ 45,00 no mercado spot. No Norte do estado o preço mais frequente no mercado de lotes é de R$ 45,00, tendo sido negociadas 50 mil toneladas para retirada junho/agosto/setembro”, informa. 

“No Mato Grosso do Sul foram negociadas de milho Safrinha 2020 cerca de 50.000 toneladas e de milho 2021 outras 40.000 toneladas. Em Goiás, da safra 2020 foram negociadas 187.700 toneladas e da safra 2021 58.500 toneladas. Na Bahia, o preço do milho começou a semana a R$ 37,50 e já na terça passou para R$ 38,00, mantendo-se neste nível durante o restante do período”, conclui. 

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.