Notícias

02/04/2020 - Soja

Com queda nos EUA, soja brasileira fica sem comprador


Segundo apurou a pesquisa diária do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada, da USP), os preços da soja no mercado físico brasileiro fecharam ontem (1/4) com preços médios da soja nos portos do Brasil sobre rodas para exportação subindo 0,16% nos portos, para R$ 101,37 (contra R$ 101,21 do dia anterior). Com isto o ganho acumulado nos portos abre o mês em 0,16%.

De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, foi “difícil achar comprador” para soja no mercado: “Com a forte queda em Chicago, estiveram ausentes. Outra característica do dia foi que o preço no porto de Rio Grande para maio melhorou, enquanto abril ficou estagnado, porque toda a logística de abril já está tomada e não há mais espaço para novas compras, de modo que não estimulam preços para este mês”.

Os preços médios resultantes da pesquisa diária do Cepea registraram queda de 0,06% no interior, para R$ 93,78/saca, contra R$ 93,84 do dia anterior. “Como não houve novas compras de Origem da China, porque as suas margens de esmagamento caíram ao nível mais baixo dos últimos 7 dias, segundo AgriCensus, os preços não tiveram sustentação e caíram também no Brasil”, aponta a T&F.

Os preços da soja disponível permaneceram inalterados no porto de Rio Grande a R$ 101,00 para pagamento no final de abril, com poucos compradores, porque estão com a sua logística toda tomada para este mês. Já para entregas em maio o preço foi de R$ 103,50 no porto. Futuro subiu para R$ 99,50 para 2021.

No Paraná os preços pagos aos agricultores subiram mais um real para R$ 92,00 no balcão, em Ponta Grossa, R$ 87,00 em Cascavel, Londrina, Maringá e Campo Mourão. No mercado de lotes, os preços também subiram 2 reais para R$ 96,00 no disponível também em Ponta Grossa para abril, permanecendo inalterado para maio em R$ 96,00. No porto o preço subiu 2 reais voltando para R$ 104,00 para maio.

CHINA
Ainda de acordo com a T&F, com a brusca queda nas margens de esmagamento na China, os compradores chineses se ausentaram do mercado até reavaliar a situação. Com isto os prêmios FOB portos de Origem, no Brasil recuaram em média 5 cents, nesta quarta-feira. No mercado de Paper de Paranaguá foram negociadas mais duas posições: uma para entrega Junho/Junho a +65N e outra uma posição de Julho versus Agosto com 08 de carry.

Por Leonardo Gottems
Fonte: Agrolink




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.