Notícias

18/09/2020 - Milho

Com negócios dispersos, preços do milho têm variação no mercado brasileiro


O mercado brasileiro de milho registrou preços pouco alterados nesta quinta-feira, 17, mais uma vez. Segundo o consultor de Safras & Mercado, Paulo Molinari, o mercado mostra-se um pouco confuso na semana, com preços variando muito em cada negócio realizado e com dispersão entre compradores e vendedores.

No Porto de Santos, o preço ficou em R$ 60/61 a saca. No Porto de Paranaguá (PR), o valor foi de R$ 59/61 a saca.

No Paraná, a cotação ficou em R$ 54/56 a saca em Cascavel. Em São Paulo, o preço chegou a R$ 57,50/59 na Mogiana. Em Campinas CIF, os valores ficaram entre R$ 59/60 a saca.

No Rio Grande do Sul, a saca foi negociada entre R$ 62/64 em Erechim. Em Minas Gerais, o preço foi de R$ 54/56 a saca em Uberlândia. Em Goiás, o valor ficou entre R$ 52 – R$ 54 a saca em Rio Verde – CIF. No Mato Grosso, preço ficou a R$ 50/52 a saca em Rondonópolis.

Chicago
A Bolsa de Mercadorias de Chicago (CBOT) para o milho fechou a sessão de ontem (17/9) com preços mais altos. O mercado foi sustentado pela valorização da soja e do petróleo, uma vez que a expectativa de maiores compras chinesas do produto norte-americano não se concretizou, num primeiro momento. A China estabeleceu uma cota de importações abaixo do esperado, mas analistas apontam que, caso necessário, o país pode exceder este limite.

As vendas líquidas norte-americanas de milho para a temporada comercial 2020/21, que tem início no dia 1o de setembro, ficaram em 1.609.200 toneladas na semana encerrada em 10 de setembro. Destinos desconhecidos lideraram as compras, com 360.200 toneladas. Os analistas esperavam exportações entre 750 mil e 2,2 milhões de toneladas. As informações são do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA).

Os contratos de milho com entrega em dezembro fecharam a US$ 3,75, com alta de 3,50 centavos, ou 0,94%, em relação ao fechamento anterior. A posição março de 2021 fechou a sessão a US$ 3,84 por bushel, ganho de 3,00 centavos de dólar, ou 0,78%, em relação ao fechamento anterior.

Câmbio
O dólar comercial encerrou a sessão em baixa de 0,17%, sendo negociado a R$ 5,2320 para venda e a R$ 5,2300 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 5,2290 e a máxima de R$ 5,2940.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.