Notícias

14/11/2018 - Milho

Com maior janela de plantio, área e produção de milho devem subir em MT


A área plantada com milho na segunda safra em Mato Grosso deve subir 1,05% na comparação com o ciclo passado. A primeira estimativa do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) revelou que o total semeado no estado deve atingir 4,66 milhões de hectares, contra 4,61 milhões de hectares.

Segundo a entidade, a perspectiva de aumento se dá pelo adiantamento recorde da semeadura de soja no estado, que pode influenciar em uma ampla janela de semeadura para o cereal. O último levantamento do Imea indicou que os trabalhos de plantio atingiram 96,2% da área.

Para a produtividade, são esperadas 101,9 sacas por hectare na média do estado. A perspectiva traz um incremento de 2,3% frente aos rendimentos consolidados na safra anterior, considerando as boas perspectivas quanto à janela de semeadura, o que pode colaborar que grande parte das lavouras se desenvolva dentro do período de chuvas.

O oeste de Mato Grosso é a região que se estima a maior média de rendimento nos campos, em 109,7 sacas por hectare. Já a região médio-norte, maior produtora do estado, tem a perspectiva de um rendimento médio de 105 sacas por hectare. Além disso, se espera que as regiões sudeste e nordeste apresentem o maior aumento da produtividade em relação ao ciclo 2017/2018, em 5,6% e 4,4%, respectivamente, dado a perspectiva de ampla janela na semeadura do cereal, enquanto que, na safra passada os rendimentos foram menores devido ao baixo volume de chuvas e atrasos nos trabalhos de campo nessas regiões.

A entidade reforça, no entanto, que há grande perspectiva de ocorrência do fenômeno El Niño nos próximos meses, o que pode alterar os níveis de chuvas no Brasil durante a sua manifestação. Assim, o comportamento climático será um fator determinante para a consolidação da safra.

Caso os trabalhos com a colheita avancem dentro do esperado e as lavouras se desenvolvam durante o período de chuvas, é aguardado que a produção do milho mato-grossense cresça 3,43% neste novo ano-agrícola, ficando esperado em 28,53 milhões de toneladas.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.