Notícias

06/10/2020 - Clima

Chuvas ganham força nesta semana e se espalham pelo Brasil


A previsão do tempo indica o retorno das chuvas nas áreas de soja nesta semana, além dos últimos dias com calor extremo no Brasil.  As máximas novamente devem oscilar entre 40°C e algo próximo dos 45°C em estados como São Paulo, Paraná, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás e Tocantins. Por mais uma semana, a temperatura ficará até 7°C mais elevada que o normal em São Paulo, Minas Gerais, Goiás e Mato Grosso do Sul.

A partir de amanhã, 7, e sexta-feira, 8, a chuva avança de forma mais intensa pela região Sul alcançando áreas do norte do Rio Grande do Sul, Santa Catarina e oeste, sul e leste do Paraná.

As precipitações devem atingir 50 milímetros em Chapecó-SC e Erechim-RS, 20 milímetros em Passo Fundo-RS e entre 30 e 35 milímetros em Foz do Iguaçu, Cascavel e Guarapuava. Ainda assim, há previsão de distribuição irregular da chuva. Na região de Francisco Beltrão-PR, por exemplo, o acumulado varia entre 10 e 15 milímetros, apenas. A chuva vem acompanhada de tempestades com fortes rajadas de vento e eventual queda de granizo.

Entre o noroeste e norte do Paraná, sudoeste e oeste de São Paulo e centro e sul de Mato Grosso do Sul, a chuva passará mais rapidamente gerando acumulado inferior aos 10mm. Um outro episódio de chuva vai acontecer por volta de 17 de outubro, mas também com curta duração. A tendência, no entanto, é de maior frequência e aumento da umidade do solo nos três Estados no decorrer da segunda quinzena de outubro.

A partir do fim de semana, a chuva avança pelo Sudeste, Centro-Oeste e MATOPIBA. Em cinco dias, entre 10 e 14 de outubro, o acumulado oscila entre 20 e 50 milímetros em Minas Gerais, norte e leste de São Paulo, Goiás, Mato Grosso, Rondônia, Tocantins, oeste da Bahia, sudoeste do Piauí, sul do Maranhão e norte e oeste de Mato Grosso do Sul. A umidade do solo deverá aumentar em boa parte do país, mas será mais percebida no sul e leste de Minas Gerais e no sul do Espírito Santo, regiões de café arábica e robusta.

Com o retorno da chuva, muitos produtores que trabalham com algodão safrinha deverão instalar a soja no pó nesta semana esperando pela chuva do sábado, 9. Quem trabalha com milho safrinha e tem uma janela mais longa, deverá esperar pela chuva e começar a instalar a partir da semana que vem.

No MATOPIBA, especialmente nos estados do Nordeste, apesar da chuva prevista a partir do fim de semana, espera-se tempo seco e quente ao longo da segunda quinzena de outubro, aumentando a chance de replantio para quem começar a instalação na semana que vem.

A previsão indica diminuição da chuva em Mato Grosso e norte de Goiás entre 15 e 20 de outubro, mas neste caso, esperam-se novas pancadas de chuva no último decêndio do mês. Ou seja, percebe-se que a chuva retornará a partir do dia 11 ao Brasil, mas ainda não será regular e intensa como o normal para o mês. De qualquer forma ajudará mais agricultura que a precipitação de setembro.

Por fim, com a volta da chuva, o calor diminuirá em boa parte do Brasil. Somente o Rio Grande do Sul permanecerá sob temperaturas mais baixas que o normal pelos próximos dez dias, mas sem extremos de frio.

Por Pryscilla Paiva
Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.