Notícias

28/02/2020 - Soja

Chuva vai interromper a colheita da soja em Mato Grosso e Goiás


A colheita da soja segue com ritmo acima da média das últimas cinco safras em Mato Grosso, com 73% da área colhida até 21 de fevereiro, de acordo com o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Mas, em relação ao ano passado, os trabalhos de campo estão atrasados – em fevereiro de 2019, o índice estava em 80%.

Muitos agricultores ainda estão preocupados com o excesso de chuva no campo. A umidade dos grãos elevada prejudica a qualidade do produto. Se a previsão do tempo se concretizar, lavouras de Mato Grosso e Goiás devem receber mais de 100 milímetros nos próximos dias, o que aumentaria a quantidade de “grãos ardidos”.

Até este fim de semana, ainda chove com acumulados significativos e há risco de temporais em Mato Grosso, Goiás e Distrito Federal devido ao corredor de umidade que liga as frentes frias do Sudeste com a umidade proveniente da Floresta Amazônica.

A tendência para os próximos dias é de mais chuva. O tempo continua instável e ainda deve chover de forma significativa em boa parte dos estados de Mato Grosso e de Goiás. Só vamos ter uma janela de tempo mais aberto nesses estados na segunda quinzena de março, quando a sazonalidade começa a comandar e, consequentemente, a chuva vai diminuir no Brasil central e volta para a região Sul.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.