Notícias

24/04/2020 - Cana

Cana: BNDES reduz de 1,45% para 1,25% a parte que lhe cabe dos juros dentro do programa Prorenova


O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou ontem aos bancos, por meio da circular SUP/Adig 23/20202-BNDES, que reduziu parte dos juros do Programa BNDES de Apoio à Renovação e Implantação de Novos Canaviais (BNDES Prorenova).

Assim, a porção que cabia ao banco de fomento na composição dos juros totais, que era de 1,45% ao ano, passa a ser de 1,25%. A remuneração das instituições financeiras credenciadas, entretanto, continua limitada a 2,25%.

O BNDES Prorenova é um programa que tem por objetivo aumentar a produtividade da cana-de-açúcar no País, por meio do financiamento à renovação e implantação de novos canaviais com a utilização de variedades protegidas ou de clones potenciais de cana-de-açúcar. As demais condições do programa permanecem.

O setor sucroenergético vem passando por sérias dificuldades em decorrência da queda do consumo de biocombustíveis por causa do isolamento social imposto com a pandemia de coronavírus e também pela expressiva queda dos preços do barril de petróleo, que é concorrente direto do insumo. Ontem, a ministra da Agricultura, Tereza Cristina, disse, em Live promovida pelo banco Credit Suisse. Na ocasião, ela disse "estar de olho" na questão do plantio de cana.

Por Tânia Rabello
Fonte: Broadcast Agro




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.