Notícias

19/03/2018 - Outros

Bons preços do Feijão-rajado animam produtores


Feijão-carioca: O período de menor reposição vem trazendo também lentidão e algum recuo nos preços praticados em Minas Gerais e em Goiás. Como o período coincide com o momento final de decisão nos pivôs, o plantio de Feijão ganha espaço nas rodas de conversas dos produtores. Até agora, diminuir a área é uma unanimidade entre os produtores. A busca de alternativas, no entanto, não é assim tão simples.

Feijão-preto: Os produtores que têm a mercadoria armazenada em diversos cerealistas da Região Sul, até o momento, têm demonstrado controle da situação. Porém, com o bom desenvolvimento das lavouras na Argentina, vai desaparecendo a chance de valorização mais forte.

Feijão-rajado: Aqueles que têm colhido agora têm conseguido uma remuneração bastante interessante, com preços oscilando entre R$ 170/180 por saca. Como o volume ainda não é grande de colheita, sabe-se que em breve haverá aumento de oferta, assim o momento é de aproveitar e vender.

Fonte: IBRAFE




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.