Notícias

28/01/2020 - Pecuária

Boi gordo tem dia de preço estável no Brasil


O mercado físico do boi gordo inicia a semana com os frigoríficos novamente exercendo pressão. Segundo o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias, o cenário, até o momento, oferece poucas perspectivas de mudança, com o escoamento da carne fluindo de maneira morosa. 

O ambiente é pautado pelo arrefecimento da demanda doméstica, além de uma atuação mais tímida da China na importação de carne bovina brasileira. Como ponto de inflexão persiste a oferta ainda tímida de animais terminados, com as pastagens em boas condições, ainda permitindo a retenção como estratégia recorrente”, disse.  

Em São Paulo, preços a R$ 189 a arroba para pagamento à  vista, contra R$ 190,00 na sexta-feira. Em Minas Gerais, preços de R$ 184 a arroba, em Uberaba, estável. No Mato Grosso do Sul, preços seguiram em R$ 175 a arroba, em Dourados. Em Goiás, o preço indicado permaneceu em R$ 182 a arroba em Goiânia. Já no Mato Grosso o preço ficou inalterado em R$ 173 a arroba em Cuiabá.

Atacado 
O mercado atacadista inicia a semana apresentando acomodação em seus preços. O escoamento da carne ainda flui de maneira lenta, com os frigoríficos ainda apontando para câmaras frias lotadas. 

“Nessas condições, não há espaço para mudanças contundentes de comportamento na compra de gado. A expectativa é que persista o movimento de pressão”, disse o analista. 

As exportações de carne bovina in natura do Brasil renderam US$ 548,3 milhões em janeiro (21 dias úteis), com média diária de US$ 27 milhões. A quantidade total exportada pelo país chegou a 92,5 mil toneladas, com média diária de 5,4 mil toneladas. O preço médio da tonelada ficou em US$ 4.956,50. 

Corte traseiro segue precificado a R$ 13,05, por quilo. Corte dianteiro ainda é cotado a R$ 10,40, por quilo. Ponta de agulha permanece cotada a R$ 9,70, por quilo. 

Câmbio 
O dólar comercial fechou a negociação em alta de 0,54%, cotado a R$ 4,208 para compra e a R$ 4,21 para venda. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,202 e a máxima de R$ 4,233.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.