Notícias

17/10/2019 - Pecuária

Boi: clima e oferta curta mantêm os preços em alta no Brasil


O mercado físico do boi gordo segue com preços firmes nas principais praças de produção e comercialização do país. “A expectativa ainda é de continuidade do movimento de alta no curto prazo. A oferta de animais terminados no geral é restrita, resultando em dificuldades para os frigoríficos de menor porte. O regime irregular de chuvas em grande parte do Centro-Sul do país no decorrer do segundo semestre é outro elemento a ser considerado, pois prejudica o desenvolvimento das pastagens e atrasa a engorda dos animais de pasto”, comenta o analista de Safras & Mercado, Fernando Henrique Iglesias. 

Em São Paulo, preços permaneceram em R$ 166,00 a arroba. Em Minas Gerais,preços de R$ 159,00 a arroba, estáveis. No Mato Grosso do Sul, os preços permaneceram passaram de R$ 155,00 a arroba para R$ 157,00 a arroba. Em Goiás, o preço permaneceu em R$ 153,00 a arroba em Goiânia. No Mato Grosso, o preço seguiu em R$ 148,00 a arroba. 

Atacado 
O atacado teve preços estáveis para a carne bovina. “É importante destacar que há menor espaço para reajustes ao longo da segunda quinzena do mês, período que conta com menor propensão ao consumo. O otimismo em relação a exportação de carne bovina ainda é muito grande, avaliando o ótimo desempenho verificado em 2019”, disse Iglesias.  

O corte traseiro teve preço de R$ 13,40 por quilo, estável. A ponta de agulha seguiu em R$ 8,75 por quilo, enquanto o corte dianteiro permaneceu em R$ 8,90, por quilo.

Câmbio 
O dólar comercial encerrou a sessão de hoje com baixa de 0,21%, sendo negociado a R$ 4,1570 para venda e a R$ 4,155 para compra. Durante o dia, a moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 4,152 e a máxima de R$ 4,188.

Fonte: Canal Rural




Mantenha-se atualizado com o Agro KLFF

Cadastre-se e recebe diariamente as novidades do mercado

2016 Portal KLFF. Todos os direitos reservados.

Termos de uso. Política de privacidade.